Arapongas

PF prende distribuidor de cédulas falsas em Arapongas; veja

Homem é preso em flagrante no momento em que recebia um envelope com cédulas falsas

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A PF apreendeu 40 cédulas de R$50,00, totalizando o valor de R$2.000,00
fonte: Reprodução PF
A PF apreendeu 40 cédulas de R$50,00, totalizando o valor de R$2.000,00

A Polícia Federal (PF) de Londrina prendeu em flagrante um homem, de 32 anos,  no momento em que recebia encomenda postal contendo diversas cédulas de reais com sinais de falsificação, nesta segunda-feira (13), na Agência dos Correios em Arapongas, no norte do Paraná. 

continua após publicidade

De acordo com a PF, após ser alertada pela Equipe de Monitoramento dos Correios sobre uma encomenda com suspeita em seu conteúdo, uma equipe de policiais federais deslocou-se até o endereço a fim de acompanhar a entrega do pacote postal. O suspeito compareceu à Agência dos Correios para a retirada da encomenda, momento em que foi abordado pelos policiais.

Após abrir o envelope, verificou-se que continha 40 cédulas de R$50,00, totalizando o valor de R$2.000,00.  O homem foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia Federal de Londrina. O suspeito é gerente de produção e não consta registros de antecedentes criminais.

continua após publicidade

"Após ser interrogado pela autoridade policial, o homem foi encaminhado ao CIAC - Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal de Londrina e responderá pelo crime de moeda falsa, cuja pena pode chegar a 12 anos de reclusão e multa. A importância de ações dessa natureza evita a circulação de cédulas falsas no comércio da região, possibilita a identificação de falsificadores, fomenta o bem-estar econômico do poder de compra nas relações comerciais, além de preservar a confiabilidade no sistema monetário brasileiro e à economia nacional", informou a assessoria de PF.

Veja as notas apreendidas e acompanhe orientações da PF para identificar uma nota falsa:     null - Vídeo por: Reprodução   


continua após publicidade




continua após publicidade