Arapongas

Mulher assassinada pelo marido em Arapongas é identificada

Elizangela Madalena Raimundo, de 38 anos, era casada há 15 anos com o assassino, com quem tinha um filho de 11 anos.

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Mulher assassinada pelo marido em Arapongas é identificada
fonte: Marcelo Oliveira

A Polícia Civil do Paraná (PC), confirmou no final da tarde desta quarta-feira (27), que instaurou um inquérito policial para investigar a morte de Elizangela Madalena Raimundo, de 38 anos. Ela foi assassinada pelo próprio marido na madrugada desta quarta-feira, em Arapongas, no Conjunto San Rafael. O assassino procurou um advogado e informou sobre o assassinato, mas ainda não teria se apresentado à polícia.

continua após publicidade

De acordo com a PC, a vítima teria sido surpreendida com as agressões na cama do casal e o autor alegou que a motivação do crime seria uma possível traição. O Inquérito está sendo presidido pelo Delegado Chefe da 22ª SDP de Arapongas.

De acordo com familiares, Elizangela era casada com o assassino há 15 anos, com quem tinha um filho de 11 anos. Ela também deixa um filho de 21 anos, de um outro casamento. 

continua após publicidade

Ainda segundo familiares, o marido que a assassinou era ciumento e possessivo, a ponto de não permitir que ela se relacionasse com os irmãos. Mesmo assim, eles nunca souberam de nenhum ato de violência doméstica que ela possa ter sofrido.

O corpo de Elizangela será velado na capela do Aliança, em Arapongas. Os horários de velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News