Mais lidas

    Arapongas

    ARAPONGAS

    Mãe de menino vítima de tortura é liberada da prisão

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 07.02.2021, 22:13:50 Editado em 07.02.2021, 22:27:56
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Polícia Civil de Arapongas confirmou na noite deste domingo (7) que a mulher mãe de um menino de 4 anos vítima de tortura ganhou a liberdade provisória. Já o pai segue detido e a prisão preventiva foi decretada. 

    Entenda o caso: 

    A Polícia Civil de Arapongas, no Paraná, confirmou na noite desta sexta-feira (5) que os pais de um menino de quatro anos e de uma criança de 10 meses foram autuados em flagrante pelo crime de tortura. Imagens dos ferimentos e da casa onde a família morava foram divulgadas e chamaram atenção.

    Os dois foram presos nesta tarde. O Conselho Tutelar e a Polícia Militar (PM) foram até a residência do casal, no Jardim Colúmbia, após denúncias de que o filho era mantido amarrado com um cadarço. As equipes confirmaram o fato e ainda encontraram uma casa sem condições saudáveis de moradia.  

    Os policiais relataram que quando entraram na residência encontraram o menino em um colchão, com dois cadarços de tênis no chão e uma faca próxima, indicando que provavelmente o pai teria utilizado para desamarrá-lo.

    Os investigadores da 22ª Subdivisão Policial foram até o local e constataram uma situação precária e insalubre. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a criança apresentou sinais visíveis de violência e relatou as agressões. Veja:

     

     







    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Mãe de menino vítima de tortura é liberada da prisão"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.