Arapongas

Lar de idosos tem surto de covid com 53 casos e 3 óbitos

A Secretaria de Saúde confirmou o surto no Lar São Vicente de Paula.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Lar de idosos tem surto de covid com 53 casos e 3 óbitos
fonte: TNOnline
Lar de idosos tem surto de covid com 53 casos e 3 óbitos

A Secretaria de Saúde de Arapongas informou nesta sexta-feira (11), que 45 idosos  e 8 funcionários do Lar São Vicente de Paula testaram positivos para a Covid-19 e três morreram. 

continua após publicidade

Conforme a saúde, no dia 05/06, um dos idosos foi atendido pelo SAMU e encaminhado para internamento na Honpar, vindo a óbito no mesmo dia. No dia 07/06, a Vigilância Epidemiológica esteve presente e realizou a testagem em todos os idosos e funcionários do Lar.

No dia 09/06, um dos idosos que havia sido diagnosticado no dia 07/06 veio a óbito no local. Hoje, 11/06, o Lar entrou em contato com o SAMU e mais um óbito foi constatado no local; outros 03 foram diagnosticados hoje.

continua após publicidade

Outros 03 pacientes encontram-se intubados no Hospital de referência do município. Conforme normativa vigente, entre elas a Nota Orientativa 41/2020 da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, a Vigilância Epidemiológica do Município tem testado periodicamente todos os trabalhadores e idosos dos ILPIs, bem como a Vigilância Sanitária tem dado suporte, orientações e visitas técnicas sempre quando necessário.

Segundo a prefeitura, o Lar São Vicente de Paula  estava mantendo uma constante de diagnósticos negativos para COVID-19, sendo a última testagem realizada em 25/05, porém nos últimos dias houve um alto índice de transmissão interna e a maior parte dos idosos foram contaminados.

Os funcionários e idosos do ILPIs foram os primeiros a serem vacinados no início da campanha de vacinação em janeiro de 2021 e todos os idosos que deram entrada após este período receberam a vacina logo após serem admitidos na instituição.

Desde a comunicação do primeiro caso positivo, a Vigilância Epidemiológica, bem como a Vigilância Sanitária, tem tomado todas as medidas necessárias para a cadeia de transmissão do vírus possa ser interrompida pela Instituição.