Arapongas

Ladrões são presos em Arapongas após roubo em Apucarana

Toda a ação foi filmada por câmeras de segurança, o que ajudou a PM na prisão dos suspeitos.

Da Redação ·

Três homens foram presos pela Polícia Militar (PM) de Arapongas depois de terem cometido roubo em uma loja de conveniências no Jardim São Carlos em Apucarana, durante a madrugada deste domingo, 23. Durante a ação policial, mas duas pessoas também foram presas.

continua após publicidade

O roubo aconteceu por volta das 22h30 de sábado, na Rua Antônio José de Oliveira, em Apucarana. A polícia foi acionada depois que dois homens armados praticaram roubo em uma conveniência. Foi relatado pelas vítimas que os ladrões chegaram até o estabelecimento e um deles portando uma arma, deu voz de assalto. Eles levaram mercadorias, dinheiro, bebidas, celulares e cartões diversos do proprietário e de clientes. Toda a ação foi filmada por câmeras de segurança.

De posse das imagens, policiais de Arapongas, reconheceram os autores do crime durante um patrulhamento na Zona Sul da cidade, já durante a madrugada deste domingo, por volta das 2h.

continua após publicidade

Segundo o boletim de ocorrências, eles foram abordados e na residência onde estavam, foram encontrados os diversos objetos que teriam sido roubados em Apucarana. Diante do fato, os três confessaram a pratica do roubo, sendo então dado voz de prisão. Perguntados sobre a arma utilizada, um dos homens contou que entregou para uma prima que morava nas imediações. Já na casa da mulher, ela teria negado a situação, até que finalmente os policiais localizaram a arma, que foi apreendida. A mulher recebeu voz de prisão pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Ainda segundo o boletim, durante esta diligência, os militares perceberam um tumulto na rua, onde várias pessoas começaram a proferir ofensas aos policiais e um deles chamou a atenção, dizendo ser amigo do promotor e que os policiais deveriam sair dali. Foi então dado voz de abordagem, que não foi obedecida, sendo necessário contato físico para abordá-lo. Ele recebeu voz de prisão, pelos crimes de tráfico de influência, desobediência e resistência.

Todos os presos foram encaminhados até a UPA para procedimento covid-19, onde constatou-se que a mulher positivou para covid. Após, foram entregues a autoridade policial na delegacia de Arapongas.