Arapongas

Funcionários terceirizados realizam manifestação no pedágio

Eles foram contratados por uma empresa terceirizada para realizar as obras do contorno, mas estão sem receber salários.

Da Redação ·

Aproximadamente 70 funcionários contratados para trabalhar nas obras do contorno Leste de Arapongas, obra de responsabilidade da concessionária Viapar, realizam uma manifestação nesta quarta-feira (15) na praça de pedágio da cidade.

continua após publicidade

De acordo com os manifestantes, a empresa Societá Construtora, terceirizada pela concessionária e responsável pela contratação dos trabalhadores, não estaria honrando com os pagamentos e compromissos trabalhistas. Os funcionários garantem que estão sem receber salários há pelo menos 2 meses e que receberam um aviso da empresa dispensando todos os trabalhadores, até segunda ordem. A justificativa é de que a empresa não teria mais condições financeiras de continuar a frente da obra.

Os manifestantes relatam ainda que, alguns trabalhadores que vieram de fora do estado, estão sem condições de retornar para casa por não ter mais dinheiro.

continua após publicidade

Eles seguem aguardando por respostas da empresa. De acordo com Agnaldo Sales, trabalhador na medição da obra em Arapongas, a obra está paralisada desde o dia 21 de agosto.

Em nota, a Viapar informou que a empresa "garante que independente de qualquer paralisação de funcionários de empresas terceirizadas, não haverá atrasos nas obras do contorno".

A reportagem entrou em contato com a empresa Soicetá que informou que o caso está sendo tratado pelo Jurídico e  que não vai se pronunciar sobre o assunto. 

continua após publicidade

VEJA:

 Funcionários terceirizados realizam manifestação no pedágio - Vídeo por: tnonline