Arapongas

Felino resgatado em Arapongas morre em clínica veterinária

Ele estava internado no Hospital Veterinário da Unifil, em Londrina.

Da Redação ·

O Gato-Maracajá-Mirim ou também conhecido como Gato-do-Mato, que  foi resgatada na noite desta segunda-feira (6), nas proximidades do Bosque dos Pássaros, em Arapongas não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta terça-feira. Ele estava internado no Hospital Veterinário da Unifil, em Londrina.

continua após publicidade

O felino estava machucado e foi encontrado no meio da rua por populares que passavam pelo endereço. A parte posterior do gato estava imobilizada. 

Uma equipe da Polícia Militar (PM), que estava em patrulhamento pela região, fez o atendimento da situação.

continua após publicidade

O gato foi levado para a Clínica BiosFera, de Arapongas, e recebeu todo o atendimento do médico veterinário Milton Trombini. Após os primeiros socorros prestados, o animal foi levado pela Polícia Ambiental para o Hospital Veterinário, da Unifil, de Londrina, onde acabou morrendo.

A espécie

O gato-maracajá, gato-do-mato, gato-peludo ou maracajá-peludo é um pequeno felino nativo da América Central e América do Sul. É um animal de hábitos noturnos. Embora pareça com uma jaguatirica, o gato-maracajá é um pouco menor em seu porte. É encontrado em diversos biomas brasileiros, porém em baixas densidades populacionais. É um animal ameaçado de extinção.