Arapongas

Controle de Endemias de Arapongas apresenta dados da dengue

Saúde de Arapongas, através do Controle de Endemias, divulgou o relatório anual epidemiológico da dengue

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Controle de Endemias de Arapongas apresenta dados da dengue
fonte: Divulgação
Controle de Endemias de Arapongas apresenta dados da dengue

A Saúde de Arapongas, através do Controle de Endemias, divulgou o relatório anual epidemiológico da dengue; de agosto de 2020 a julho de 2021. Neste período, foram realizadas 159.322 visitas domiciliares para tratamento focal, além de pesquisas em imóveis para o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa).

continua após publicidade

Os últimos dados apurados registram índices de 1,1% ( de 19/10/2020 a 23/10/2020); 1,8% ( de 04/01/2021 a 08/01/2021); e 0,7% ( de 14/06/2021 a 18/06/2021) -  neste último considerado baixo risco de infestação pelo mosquito Aedes aegypti.

No Distrito do Campinho foi apresentado índice de 1,0% e em Aricanduva 0,0% - ambos do dia 5 de agosto de 2021. Ao longo do período epidemiológico, o Controle de Endemias realizou também 9.982 bloqueios; 1.688 visitas em pontos estratégicos (cemitério, ferros-velhos e borracharias); 636 leituras de larvas; além do registro de 599 notificações (para dengue, zica ou chikungunya).

continua após publicidade

Desse total, 86 casos obtiveram resultado positivo, sendo 39 adquiridos fora do município e 47 casos importados. As supervisões chegaram em 1.079; 560 atendimentos a reclamações; e 155 denúncias sobre animais peçonhentos.  O novo período epidemiológico passa a acontecer de agosto de 2021 a julho de 2022.

DESCONTAMINAÇÃO – Ao longo do período, o Controle de Endemias reforçou os serviços de desinfecção no combate ao novo coronavírus (Covid-19) em diversos pontos estratégicos do município, dos quais, têm grande fluxo de pessoas. Entre eles, os três Pronto Atendimento 18 Horas, UPA, PAI, laboratório municipal, farmácia central, SAMU, Paço Municipal, Ginásio de Esportes Mateus Romera, CIE, Asilo Lar São Vicente de Paulo e área central.

PARANÁ - A Secretaria de Estado da Saúde publicou o informe da dengue nº 43 que encerra o período epidemiológico 2020/2021, com um total de 27.889 casos confirmados e 32 óbitos. Os dados foram contabilizados desde o dia 1º de agosto do ano passado.

continua após publicidade

No total, 288 municípios registram casos de dengue, nas 22 Regionais de Saúde. O informe apresenta 93.329 notificações para a doença, também em municípios das 22 Regionais de Saúde, e aponta 2.359 ainda em investigação quanto a classificação final.

Os 32 óbitos do período aconteceram nos municípios de: Morretes (1), Paranaguá (4), Foz do Iguaçu (3), Matelândia (1), Medianeira (1), Roncador (1), Campo Mourão (1), Paraíso do Norte (1), Santo Antônio do Caiuá (1), Marialva (1), Maringá (2), Apucarana (1), Alvorada do Sul (1), Assaí (1), Cambé (2), Ibiporã (1) e Londrina (9).

Comparativo – O número de casos teve uma redução de 87,7% em relação ao período anterior. Em 2019/2020 o total de casos foi de 227.724.

continua após publicidade

Da mesma forma observa-se redução de 81,9% no total de óbitos, no período anterior foram 177.

FONTE: Sesa

Tags relacionadas: #ARAPONGAS #Dengue #SAÚDE