Mais lidas
Ver todos

    Arapongas

    Comissão tenta reverter fechamento da Jucepar em Arapongas

    Foto por Divulgação
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, acompanhado do deputado estadual Tiago Amaral e de representantes da Associação Comercial e Empresarial de Arapongas (Acia), esteve na manhã desta terça-feira (26), na Junta Comercial do Paraná, em Curitiba. O grupo solicitou empenho no sentido de reverter o fechamento do escritório da Junta Comercial do Paraná (Jucepar) em Arapongas. O escritório funciona junto à Acia e atende aos empresários de Arapongas e de municípios vizinhos, como Sabáudia e Astorga. 

    A decisão pelo fechamento, que não se restringe a Arapongas, mas a praticamente todo o Paraná, ocorre devido a uma decisão do Tribunal de Contas do Estado, em função da qual não será mais possível às entidades empresariais privadas receber repasses que permitam manter o funcionamento dos escritórios da Jucepar em suas estruturas físicas.

    “Nessa oportunidade, não tivemos uma definição final. Por isso, vamos pleitear junto ao Tribunal de Contas essa definição ou, pelo menos, mais prazo para que o município possa encontrar uma solução”, disse Onofre. Participaram também da reunião o presidente da Junta Comercial do Paraná, Marcos Sebastião Rigoni de Mello, e o vice-presidente, Sebastião Motta, além de Anderson Molina, vice-presidente da ACIA.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Designer apucaranense Uelinton Campagnola executou um trabalho recentemente para o DJ Alok

    Deixe seu comentário sobre: "Comissão tenta reverter fechamento da Jucepar em Arapongas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.