Arapongas

Casal adota 4 irmãos e mulher descobre gestação

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Casal adota 4 irmãos e mulher descobre gestação
fonte: Arquivo pessoal
Casal adota 4 irmãos e mulher descobre gestação

Após 15 anos tentando ter filhos, um casal de Arapongas, no Paraná, finalmente realizou o grande sonho. Regiane Weiss de 36 anos e Álvaro Weiss de 38 anos, adotaram quatro irmãos e para deixar a família ainda mais feliz, Regiane descobriu que está grávida. 

continua após publicidade

A gestação foi uma surpresa. Regiane já sofreu dois abordos, o último foi há seis anos. "Foram 15 anos de tentativa, perdi dois filhos, eu tenho endometriose, realizei várias cirurgias, tratamento para engravidar e não tinha mais esperança de conseguir engravidar", disse.

A gravidez surgiu quando o casal adotou quatro irmãos. Por dois anos eles tentaram entrar na fila da adoção e em fevereiro foram habilitados  "Nosso sonho sempre foi ter uma família numerosa, somos católicos, muito praticantes, sempre deixamos nossa vida aberta para que fosse feita a vontade de Deus. Quando entramos na fila de adoção, deixamos nosso perfil aberto, aceitávamos grupos de irmão, crianças com até 10 anos, não importava raça, sexo e aceitávamos crianças com doenças tratáveis, a pandemia atrapalhou um pouco e após dois anos nesse processo, fomos habilitados em fevereiro", conta. 

continua após publicidade

No dia 3 de fevereiro o casal entrou na fila de adoção e no dia seguinte, a tão sonhada ligação do abrigo aconteceu. "Foi tudo muito rápido, o abrigo ligou, falou dos irmãos e nós aceitamos, já começamos a aproximação por vídeo chamadas após um mês, viajamos para a cidade onde estavam as crianças, alugamos uma casa e estamos com eles, nossos filhos", detalha a araponguense. 

Regiane descobriu a gestação, na semana que conheceu as crianças. "Comecei a passar mal, mas pensei que era a ansiedade de conhecer meus filhos, atribui os sintomas também a endometriose, mas quando enjoei com café, percebi que tinha algo de estranho, fiz o teste e descobri que estava grávida. Estamos muito felizes, quatro filhos de uma vez e agora o quinto a caminho", comemora a mãe. 

E os filhos já sabem que a família vai aumentar ainda mais. Regiane e Álvaro já contaram que tem um bebê a caminho. "Contamos que estou grávida, a reação deles foi ótima, claro que existia uma preocupação em contar para eles agora, não queríamos que eles pensassem que a gestação poderia mudar nossa escolha de adoção, mas eles já são nosso filhos, já eram antes de eu ficar grávida, e nunca vamos deixar um filho de lado por outro, então agora vamos ter mais um filho" comenta. 

continua após publicidade

O primeiro encontro com os quatro filhos vai ficar eternizado na memória do casal. "O que resumi a nossa história é amor,  o encontro foi muito emocionante, tudo se resumiu em amor, afeto. Passamos um mês conversando todos os dias por telefone, quando nos encontramos pela primeira vez foi lindo, emocionante, muito amor, já correram para nosso colo. Aquele sonho de ser chamada de mãe, de pai se concretizou com muita abundância", lembra a mamãe.

A família deve retornar para Arapongas nos próximos dias. "É um sentimento de amor, gratidão, não tem como agradecer a graça de Deus, foram 15 anos de luta, muito choro, muita tristeza, muita oração e agora essa abundância, é muito além do que a gente imaginou, me emociono só de falar, pensar na minha grande família", finaliza a mãe. 

'Vakinha' para a família:  

continua após publicidade

Álvaro é Bombeiro em Arapongas, integrantes da corporação resolveram criar uma 'vakinha online' para colaborar com o casal e com as crianças. 

"O Soldado Weiss, do Corpo de Bombeiros de Arapongas, e a sua esposa, Regiane, adotaram quatro crianças de uma só vez! Como se isso já não fosse um desafio enorme, recentemente a Regiane descobriu que está grávida. Para cuidar dos cinco filhos, entretanto, o casal precisa da sua ajuda! São várias as necessidades, especialmente nesse momento de adaptação. Essa vaquinha virtual, portanto, tem como objetivo auxiliar o casal nesse imenso desafio. Qualquer ajuda é bem-vinda! Contribua", consta na mensagem da vakinha. Para doar, bata acessar o link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-a-adocao-de-quatro-filhos

continua após publicidade

Regiane explicou que a ajuda partiu dos Bombeiros, amigos do marido. "Claro que toda ajuda é bem vinda, hoje nossa casa tem só dois quartos, mas já pedimos um projeto para aumentar a casa, afinal, são três meninos e uma menina e o bebê que está a caminho. Mas com toda certeza nós vamos conseguir sustentar nossos filhos, se não, nem entraríamos na fila de adoção, é claro que o dinheiro da vakinha vai nos ajudar, e somos gratos a quem quer nos ajudar. Nosso filhos tem as idades de desde trocar fraldas a até encarar os desafios da adolescência, no abrigo eles tinham poucas roupas, mas já estamos providenciando tudo, temos condições para viver em família e agradecemos a vakinha e todos que querem nos ajudar", finaliza Regiane.