Arapongas

Audiência sobre morte da jovem Nicole, de Arapongas, é adiada; entenda

Nicole pilotava uma motocicleta, quando foi atingida por um carro, no cruzamento da Rua Hárpia com a Rua Pombas

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Nicole Lorena Dona tinha 20 anos quando morreu no acidente em Arapongas
fonte: Reprodução / Redes sociais
Nicole Lorena Dona tinha 20 anos quando morreu no acidente em Arapongas

A justiça de Arapongas, através da 1ª Vara Criminal, realizou, no último dia 30 de maio, a primeira audiência relativa ao acidente que culminou na morte da jovem Nicole Lorena Dona, de 20 anos, no dia 13 de março de 2021. Nicole pilotava uma motocicleta, quando foi atingida por um carro, dirigido por Aline Zandomenighi, no cruzamento da Rua Hárpia com a Rua Pombas, na região central da cidade. Algumas testemunhas da parte de acusação foram ouvidas, porém, duas das testemunhas de defesa, incluindo um policial militar, não compareceram, fazendo com que uma nova audiência fosse marcada para o próximo dia 10 de agosto. 

continua após publicidade

Nas redes sociais, familiares e amigos da vítima se mobilizaram, nas últimas semanas, pedindo por justiça, já que o acidente completou mais de um ano, sem nenhum tipo de punição. Segundo a mãe de Nicole, Josiane Marques, a dor pela perda da filha nunca irá se apagar, mas ela espera que a motorista envolvida no acidente responda pela morte.

"Meu sentimento é de indignação, de revolta e eu tenho a sensação de que tudo o que eu fiz, toda a luta por justiça, por não ter me calado, tudo isso vejo que pode ser em vão. Porque o mínimo que eu esperava da justiça é que ela (a motorista) fosse presa, que ela pagasse pelo que ela fez. Mas só aguardando a próxima audiência para saber qual será a decisão da justiça", declarou a mãe.

continua após publicidade

 

 O acidente aconteceu no dia 13 de março de 2021 fonte: TNOnline
O acidente aconteceu no dia 13 de março de 2021

De acordo com a advogada da família da vítima Mirian Galiciani, a demora em relação ao julgamento do processo é normal, pelo fato da ré estar em liberdade. Ela argumenta que apesar dos elementos que comprovam que houve negligência da motorista, a legislação em casos como este é branda. 

"A responsável pelo acidente é ré primária. Além disso, nossa legislação prevê, em casos como este, uma pena de 1 a 4 anos, que provavelmente será cumprido em liberdade. Mesmo assim, faremos todo o possível para conseguir que a responsabilidade fique comprovada e a ré seja punida", informou a advogada.

continua após publicidade

O que diz o outro lado

Procurado pela reportagem, o advogado Carlos Eduardo da Silva, que representa a ré Aline Zandomenighi, disse que sua cliente tem colaborado com a justiça e que tudo não passou de uma fatalidade.

"Minha cliente é acusada por um homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. Foi uma fatalidade. Foi realizado o teste do bafômetro, a documentação dela estava correta e ela permaneceu no local do acidente para acionar o socorro. Sabemos que a vítima transitava em velocidade superior ao permitido para a via e com um capacete inadequado, então, vários fatores determinaram o resultado do que ocorreu. A Nicole infelizmente faleceu e o que for sentenciado pela juíza, minha cliente irá cumprir", declarou o advogado.

continua após publicidade

Relembre o caso

Nicole Lorena Dona, de 20 anos, ficou gravemente ferida após um acidente na Rua Pombas com a Rua Harpia, em Arapongas do dia 13 de março de 2021. Ela precisou ser reanimada por mais de 30 minutos. 

continua após publicidade

O Samu, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, foi chamado, e conforme socorristas, o capacete saiu da cabeça da jovem, ela bateu muito forte contra o chão, estava inconsciente, entrou em parada cardíaca e as equipes avançadas e básicas realizaram a reanimação na vitima por 32 minutos. em seguida, ela foi levada em estado grave até o Honpar. No hospital, ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com testemunhas, a jovem que conduzia uma Biz foi jogada longe com a batida. A motorista do carro não ficou ferida.

Imagens do momento da batida foram flagradas por câmeras de segurança. Veja:

  null - Vídeo por: Reprodução  

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News