Arapongas recebe canetas aplicadoras de insulina; vídeo ensina como usar - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

SAÚDE

Arapongas recebe canetas aplicadoras de insulina; vídeo ensina como usar

Escrito por Renan Vallim
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Através do Ministério da Saúde, Arapongas passa a receber mensalmente cerca de 1 mil canetas de insulina destinadas aos pacientes com diabetes mellitus tipos 1 e 2 na faixa etária de até 16 anos e pessoas a partir dos 60 anos. As primeiras canetas aplicadoras de insulina já chegaram ao município, e serão dispensadas a partir deste mês ao público alvo na Farmácia Municipal – ao lado do Samu e também nos três Pronto Atendimentos 18 Horas (Cj. Flamingos, Zona Sul e Jd. Petrópolis). Muitos desses pacientes, que chega a um grupo de 80 pessoas, participam das atividades do “Ambulatório de Diabetes Mellitus”, realizado o Pronto Atendimento 18 Horas do Jardim Petrópolis, e que conta com a parceria da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa) e Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisvir).

A fim de ampliar as orientações e recomendações para a utilização das canetas, tanto aos profissionais de saúde quanto para os pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde elaborou um vídeo explicativo com a nutricionista educadora em diabetes, Fernanda Cristina Carrasco Bela Brizzi, do Cisvir. (Ver vídeo).

No vídeo, Brizzi explica as vantagens da caneta aplicadora de insulina e como ela deve ser manuseada pelo próprio paciente. “ As novas canetas facilitam a auto aplicação, além de contarem com uma dosagem mais segura, agulha menor com tamanho 4mm, fácil transporte – pois podem ser carregadas na bolsa. Elas evitam também as aplicações errôneas em músculos ou na parte superior da pele. Além de trazerem conforto e menor sensação de dor ”, explica. As canetas têm a capacidade para receber as insulinas regulares – rápida e com coloração transparente, e insulina NPH – intermediária e tem coloração leitosa. Lembrando que a insulina deve permanecer na geladeira enquanto não estiver em uso. As insulinas em uso ficam armazenadas fora da geladeira. É importante também saber que ao inserir da caneta nos locais de aplicação (braços; nádegas; coxas e abdômen), a insulina deverá ser injetada até o final, para isso deve-se contar até 5 segundos após a agulha ser injetada, o que vai garantir que toda a dose seja administrada, mantendo a eficácia no tratamento.

No passo-passo é possível acompanhar como é feita a aplicação:

 


Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Arapongas recebe canetas aplicadoras de insulina; vídeo ensina como usar"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.