Arapongas

Arapongas discute fortalecimento de ações em saúde mental

Foram tratados assuntos pertinentes ao aumento da demanda nos Pronto Atendimentos 24 horas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Arapongas discute fortalecimento de ações em saúde mental
fonte: Prefeitura de Arapongas

A Secretaria Municipal de Saúde, o Conselho Municipal de Saúde e o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II e CAPS AD, de Arapongas, realizaram recentemente uma reunião do Comitê Intersetorial de Saúde Mental. As pautas centrais foram: “O desenvolvimento de Propostas a V Conferência Regional de Saúde Mental, e articulações sobre a melhoria de atendimento aos pacientes psiquiátricos da cidade. 

continua após publicidade

Na ocasião, o secretário de Saúde, Moacir Paludetto Junior, falou sobre a importância das representatividades no evento, levando em consideração a proximidade das Conferências de Saúde Mental, Etapa Regional dia 22 de fevereiro e Etapa Estadual nos dias 25 e 26 de abril do corrente ano. Além da implantação de um novo CAPS em Arapongas.

"É importante colocar em pauta os nossos serviços em saúde. Já há a articulação entre gestores que abrange a 16ª Regional de Saúde sobre a implantação de Centro de Atenção Psicossocial III no município, sendo este voltado para atendimentos diário ininterrupto, com capacidade para acolhimento dos pacientes também para encaminhamentos para os serviços de emergência, e do Projeto Arquitetônico do CAPSi, sendo este voltado para o atendimento infantil”, salientou.

continua após publicidade

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, Eucir Antônio Zanatta, também explanou sobre a necessidade de desenvolver propostas para serem levadas à Conferência de Saúde Mental – Etapa Regional e Estadual, quanto às questões de internação, regulação e veículos, leitos clínicos, e a premência em realizar um Plano de Ação Intersetorial de Saúde Mental.

Mais demanda

Durante o encontro, foram tratados assuntos pertinentes ao aumento da demanda nos Pronto Atendimentos 24 horas e a necessidade de equacionar, a defesa de manter os hospitais psiquiátricos e qualificação do local e da equipe, a prevenção, o financiamento, a articulação intersetorial, a capacitação, as comunidades terapêuticas e a dificuldade de acesso a vagas em Clínicas Psiquiátricas, o direcionamento, entre outros. Ao final da reunião foram designados representantes de Usuários, Trabalhadores, Gestores e Prestadores para a V Conferência de Saúde Mental – Etapa Regional.

Participaram do evento os representantes das respectivas Secretarias e Entidades: Semus, Semas, Educação, Educação, Sestran, Esporte, CMS, CAPS AD II, Centro Pop, Apae, Honpar, Santa Casa e Simepar, assim como dos convidados e observadores: Apae, MP, 24 Horas Alberto Esper Kallas – Humaniza, Pastoral da Saúde, Entidade Religiosa Ilé Àse Ti Tóbi Ìyá Àfin Òsùn Alákétu, Delegacia da Mulher, Unidade de Pronto Atendimento 24 horas – UPA, 18 Horas do Conjunto Petrópolis, Coordenação da Atenção Básica, Diretoria Geral da Secretaria de Saúde, Cemear, e Unidades Básicas de Saúde: Ulisses Guimarães, San Raphael, Colônia Esperança, Santo Antônio, Campinho e Petrópolis.

Tags relacionadas: #ARAPONGAS #saúde mental