Arapongas

Arapongas adota novo critério para afastamento por covid-19

Tal medida passa a valer a partir do dia 31 de janeiro.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Arapongas adota novo critério para afastamento por covid-19

Após reuniões com a Secretaria Municipal de Saúde, Associação Comercial e Empresarial de Arapongas (ACIA) e o Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (SIMA), o Município passará a adotar um novo critério para o afastamento justificado de trabalhadores das empresas, indústrias e comércio que estejam com Covid-19. Tal medida passa a valer a partir do dia 31 de janeiro.

continua após publicidade

 Com isso, a partir de então ficará facultado aos empregadores a emissão do “Termo de Consentimento e Declaração Isolamento Domiciliar”, disponível através deste link: https://www.arapongas.pr.gov.br/downloads/covid19/termoisolamento//20220128210124.pdf, autorizando o afastamento do trabalhador apenas com o laudo positivo de exame para Covid-19.

A nova estratégia se dá pelo número cada vez maior de pacientes com Covid-19 que buscam as unidades de referência para obter apenas o atestado médico. Segundo o superintendente médico de Arapongas, médico Fernando Marques, a medida visa diminuir o grande fluxo de atendimentos, especialmente na UPA 24 Horas, de pacientes positivados assintomáticos, ou seja, que não apresentam sintomas. “Em muitos casos, os pacientes assintomáticos ou com sintomas leves que fizeram testes na rede privada, em farmácias ou laboratórios, buscavam posteriormente atendimento na rede municipal apenas para pegar um atestado médico. Agora, com este termo, ficará mais fácil a comprovação de isolamento e descongestionará os nossos serviços de saúde”, diz. Marques acrescentou ainda que a variante Ômicron tem uma maior capacidade de transmissão, ocasionando a superlotação dos locais de atendimento da saúde. A Secretaria Municipal de Saúde irá avaliar se a nova medida; emissão do Termo, também poderá ser adotada pela rede privada de saúde.

continua após publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda ainda que nos casos de sintomas mais acentuados e persistentes o paciente deve procurar um dos locais de atendimento: UPA, 24 Horas Alberto Esper Kallas ou um dos três 18 Horas (Cj. Flamingos/ Zona Sul/ Jd. Petrópolis).

Para o presidente da ACIA, Anderson Molina, a nova medida favorece empregadores e colaboradores. “Atendemos prontamente a solicitação da Secretaria de Saúde. A nova proposta é válida, pois é nosso compromisso facilitar a vida dos colaboradores e, consequentemente, das empresas em que eles trabalham. Os novos casos, em sua maioria, estão vindo com sintomas leves e com essa ação proposta pela Secretaria de Saúde, de emitir os termos de isolamento pela empresa, comprovado através do exame particular feito pelos pacientes, acaba desafogando a UPA, 24H e demais locais e beneficiando a todos”, acrescentou.

NOVOS CRITÉRIOS DE ISOLAMENTO:

- Para pacientes assintomáticos ou para aqueles que apresentarem sintomas, o isolamento será de 7 dias.  Se no sétimo dia não houver qualquer tipo de sintoma e o paciente não estiver em uso de medicação sintomática, deverá retornar às suas atividades. Na persistência dos sintomas, o paciente deverá completar 10 dias de isolamento. Os prazos passam a contar a partir da confirmação por meio de um teste PCR (padrão ouro) ou antígeno.