Arapongas

Acia de Arapongas cancela realização da MegaFeira

Feira de Queima de Estoque será realizado no ano que vem, em duas edições

Da Redação ·
MegaFeira envolveu público de 60 mil pessoas em 2019
fonte: Arquivo TN
MegaFeira envolveu público de 60 mil pessoas em 2019

A  pandemia do coronavírus levou ao cancelamento do maior evento do varejo de Arapongas. Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Arapongas (Acia) comunicou nesta sexta-feira (22) o cancelamento da 22ª Edição da Mega Feira. Considerada como uma das maiores feiras de queima de estoque do Estado, o evento seria realizado de 10 a 14 de junho no Centro de Eventos Expoara. 

continua após publicidade

O comunicado, assinado pela presidente da entidade, Evelyse Segura, destaca que o cancelamento do evento visa garantir a segurança de expositores, trabalhadores e público. Realizada tradicionalmente para coincidir com o feriado de Corpus Christi, que neste ano é comemorado em 11 de junho, a feira teve um público estimado de 60 mil pessoas na edição de 2019.

Segundo a gerente-administrativa da Acia, Elizabeth Liberato, praticamente todos os mais de 200 estandes da feira estavam comercializados. Os expositores já foram avisados da medida e o valores serão devolvidos. "Infelizmente a pandemia do coronavírus causou mais esse prejuízo, mas esse é o momento de focar na segurança e na saúde", comenta.

continua após publicidade

Elizabeth destaca que a Acia iniciou um planejamento para lançamento de duas edições no ano que vem. "Estamos avaliando fazer nos meses de março e outubro, inclusive para evitar o inverno e as restrições que podem vir a decorrer ainda no ano que vem em relação a doenças respiratórias. Contudo, ainda não temos nenhuma data acertada", comenta.

Ela destaca que a opção de cancelamento envolve uma questão de logística. "Mesmo se daqui dois meses comecem a se liberar eventos de grande porte como o nosso, é inviável organizar uma feira deste porte em poucas semanas, por isso estamos focando nas edições de 2021, quando a feira voltará fortalecida", finaliza.

Essa é a primeira vez, em 22 anos, que a feira é cancelada.