Arapongas

Arapongas integra campanha para ampliar atendimento na educação

Da Redação ·
Beto Pugliese e Élcio Sartori assinam TAC para ampliar atendimento na educação
fonte: Divulgação
Beto Pugliese e Élcio Sartori assinam TAC para ampliar atendimento na educação

A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria Municipal de Educação firmou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público, se comprometendo a ampliar o número de vagas nos Centros Educacionais Infantis, numa média de 250 vagas por ano até 2014. A ação faz parte da campanha “100% Pré-Escola e Creche para Todos”, lançado no mês passado pelo Ministério Público do Paraná, com o objetivo de ampliar as redes municipais de Ensino e Centros Educacionais Infantis em todo o Estado.

continua após publicidade

A campanha, segundo o Ministério Público, tenta reverter o atual quadro educacional, onde de acordo com relatório do Órgão, em todo o Estado quatro em cada dez crianças na faixa etária de 4 a 5 anos não freqüentam pré-escola. O quadro se agrava entre as crianças que deveriam estar freqüentando Centros Educacionais, pois sete em cada dez não estão sendo assistidas.

continua após publicidade

Conforme o prefeito Beto Pugliese, o município de Arapongas mantém atualmente 17 Centros Educacionais Infantis, que atendem 1700 crianças. “O último levantamento apontou para um déficit de aproximadamente mil vagas, mas já estamos providenciando zerar este déficit, através da contratação de novos educadores e ampliação e construção de novos Centros Educacionais Infantis”, disse.

Ele acrescenta que somente neste ano já foram criadas 300 vagas e contratados 56 educadores, que já estão trabalhando na rede para atender a demanda. “Para os próximos meses, a intenção da prefeitura é ampliar o Centro Educacional Infantil do Jardim Petrópolis e construir uma nova Unidade na Zona Sul, para atender as famílias daquela região”, completou.

Participaram da assinatura do termo de ajustamento de conduta o prefeito Beto Pugliese e o promotor de Justiça da Comarca de Arapongas, Élcio Sartori, além dos secretários de Educação, Paulo Valério e de Administração, Luiz Giocondo.