Médica de Arapongas é coagida após desconfiar de abuso sexual em criança - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Arapongas

Médica de Arapongas é coagida após desconfiar de abuso sexual em criança

Imagem ilustrativa
Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Guarda Municipal (GM) foi acionada na tarde desta segunda-feira (20) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Arapongas, depois que uma médica suspeitou de abuso sexual contra uma criança de 12 anos.

A menina estava sendo examinada durante uma consulta, pois de acordo com familiares, estaria com um quadro de diarreia. Durante os exames, foi constatado pela médica que o ânus da criança estava dilacerado, despertando a suspeita de abuso. Ao serem comunicados sobre a suspeita, os familiares se irritaram e passaram a ficar exaltados, sendo necessária a presença da GM.

Uma Conselheira Tutelar esteve no local para acompanhar o caso, e dar sequência aos procedimentos cabíveis. A polícia militar foi acionada para confecção do Boletim de Ocorrência. A médica, informou que confeccionaria um boletim de ocorrência na delegacia, pois sentiu-se coagida pelos familiares. A Conselheira informou que a menor ficaria aos cuidados da família até resultados de exames apuração dos fatos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Médica de Arapongas é coagida após desconfiar de abuso sexual em criança"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.