Mais lidas
Ver todos

    Arapongas

    Ex-delegado de Arapongas conclui inquérito que já durava 11 anos em Curitiba

    Foto por
    Escrito por Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O delegado Marcos Fernando da Silva Fontes foi o responsável por encerrar o caso Rachel Genofre, que já durava 11 anos em Curitiba. Fontes foi o delegado-chefe da 22ª Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas entre 2017 e 2018. Por conta do bom trabalho, ele foi transferido para a capital do Estado, assumindo o inquérito do caso Rachel Genofre, que chocou o Paraná e estava há mais de uma década sem solução.

    A conclusão do inquérito aconteceu nesta quarta-feira (27). A menina tinha nove anos quando foi encontrada morta e esquartejada dentro de uma mala, abandonada na Rodoviária de Curitiba, no dia 3 de novembro de 2008.

    O acusado Carlos Eduardo dos Santos, 52, foi indiciado pelos crimes de tentativa de estupro, atentado violento ao pudor e homicídio triplamente qualificado.

    Marcos Fontes foi delegado de Arapongas entre fevereiro de 2017 e maio de 2018.

    Foto: Reprodução


    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Idoso de 105 anos se recupera da Covid-19 em Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Ex-delegado de Arapongas conclui inquérito que já durava 11 anos em Curitiba"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.