Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Apreensões de armas disparam em Arapongas

.

As polícias Civil e Militar do Paraná apreenderam 4.670 armas de fogo durante os nove primeiros meses deste ano, de acordo com relatório do Centro de Análise, Planejamento e Estatística, da Secretaria da Segurança Pública do Paraná. Dos 399 municípios paranaenses, Arapongas aparece entre as cidades que registraram crescimento na retirada de armas de fogo das ruas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (Sesp), as forças policiais apreenderam 60 armas em Arapongas nos primeiros nove meses deste ano, o que representa um aumento de 130%. No mesmo período do ano passado, 26 armas foram apreendidas.“Para nós é muito positivo esse resultado. A Polícia Militar (PM) tem realizado operações constantes e muito trabalho de inteligência da P2, com isso conseguimos retirar essas armas das ruas. Armas que seriam ou foram usadas em crimes”, declara o capitão Dejair Budkevitz de Arapongas.

 Ainda de acordo com o capitão, o número de apreensões ainda deve aumentar até o final do ano.  “Já temos um calendário de operações estabelecido para este final do ano. Estamos intensificando as operações também nos finais de semana. Contamos com o apoio da comunidade para as denúncias via 181 ou 190, informando a suspeita de pessoas armadas e outros crimes”, finaliza. 

A Guarda Municipal (GM) de Arapongas também tem papel importante no aumento de volume de apreensões. “Nossas equipes têm retirado de circulação várias armas de fogo, provando que está preparada para enfrentar esse tipo de crime. Há cinco dias, por exemplo, foi presa pela GM uma dupla que tinha acabado de cometer um assalto a uma empresa com uma submetralhadora e um revólver. Estamos com os números em relação a criminalidade caindo, principalmente aqueles em que marginais utilizam armas de fogo para cometer tais delitos”, analisa o secretário de Segurança Pública do município, Paulo Sérgio Argati.

Dos 399 municípios do estado, 173 tiveram aumento no número de apreensões de armas de janeiro a setembro deste ano. Os índices mais expressivos de crescimento foram registrados em Castro (116%), Arapongas (130%) e São Jerônimo da Serra (157%).

APUCARANA

Conforme dados da Polícia Militar (PM) de Apucarana, o 10º Batalhão, nos primeiros nove meses do ano, apreendeu 34 armas. Um aumento de 6%, em ralação ao ano passado, quando foram apreendidas 32 armas, no mesmo perídio. “Estamos realizando operações todos os dias, nos bairros e contro da cidade. Vamos reforçar ainda mais esse trabalho,” ressalta o Capitão Vilson Laurentino da Silva. 

Revólver é arma mais apreendida 

No Paraná, o maior número de apreensões de armas de fogo se concentra em Curitiba (458 armas), seguido por Foz do Iguaçu (184), Cascavel (178), Londrina (142), Ponta Grossa (127), Guarapuava (148) e São José dos Pinhais (98).

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos, atribui o alto índice de apreensão de armas de fogo ao maior policiamento nas ruas, aumento no número de operações realizadas e também a ações prévias e de inteligência das polícias.“Antes das operações nós desenvolvemos um intenso trabalho de inteligência policial, a qual aponta que certas pessoas daquela região frequentam um determinado local, numa determinada hora. Efetuamos a prisão, e junto com a atividade delituosa vem a arma”, esclareceu.

Dentre as armas mais apreendidas no Estado estão o revólver (1.918), a espingarda (1.190), a pistola (940), a garrucha (268), a carabina (173), o rifle (68), o garruchão (43), o pistolete (23), o fuzil (15) a metralhadora (12) e a escopeta (18).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber