Justiça revoga prisão de 53 presos em Arapongas, por situação 'lastimável' da cadeia - TNOnline
Mais lidas

    Arapongas

    Arapongas

    Justiça revoga prisão de 53 presos em Arapongas, por situação 'lastimável' da cadeia

    Justiça revoga prisão de 53 presos em Arapongas, por situação 'lastimável' da cadeia
    Foto por Reprodução
    Escrito por Redação
    Publicado em 08.10.2019, 12:14:00 Editado em 08.10.2019, 12:37:34
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Drª Renata Fantin, juíza da 2ª Vara Criminal de Arapongas, revogou a prisão temporária das 53 pessoas que foram presas durante a Operação Renovação, realizada no dia 13 de setembro. 

    A decisão foi tomada por causa da impossibilidade de remanejamento dos presos para outras cadeias do Estado. Na decisão, a juíza informou que a situação da cadeia é "lastimável, calamitosa e superlotada". 

    Os presos que tiveram a prisão revogada estão proibidos de deixar a Comarca de Arapongas e precisam informar a Justiça em caso de mudança de endereço.

    A Polícia Civil realizou uma grande operação contra o tráfico de drogas no dia 13 de setembro. 53 mandados de prisão e 60 de busca e apreensão foram cumpridos em Arapongas, Apucarana, Rolândia, Sabáudia e Ibaiti. 

    Arapongas foi cidade onde mais pessoas foram detidas. A operação  investiga uma associação criminosa, com atuação no tráfico de drogas, que se divide em seis núcleos, alguns com forte relação com a facção criminosa PCC.  

     "São várias quadrilhas, interligadas através de um homem, que foi o que deu origem a toda a investigação. Inclusive um dos núcleos nós chamamos de 'Núcleo da Igreja Matriz', que foi flagrado vendendo drogas em plena luz do dia na praça principal de Arapongas", destacou o delegado adjunto da 22º Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas, Ricardo Jorge Rocha Pereira Filho.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Arapongas

    Deixe seu comentário sobre: "Justiça revoga prisão de 53 presos em Arapongas, por situação 'lastimável' da cadeia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.