Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Lançamento de livro de fábulas leva grande público ao Cine Teatro Mauá

.

Com o Cine Teatro Mauá lotado, foi lançado na noite desta quinta-feira (04) o livro Confabulando, uma coletânea com mais de 100 fábulas escritas e ilustradas pelos alunos do Projeto Crescer, da Casa do Bom Menino de Arapongas. O lançamento foi marcado por encenações teatrais de várias fábulas e por apresentações musicais e de dança, tudo a cargo dos alunos e professores do Projeto. A noite literária fez parte do calendário de eventos dos 72 anos de emancipação do município.

Na abertura, o empresário Paulo Pennacchi, presidente da Casa do Bom Menino de Arapongas, e sua esposa, Cleide, conselheira do Projeto Crescer, destacaram a importância do respeito à diversidade. “O mundo nunca falou tanto sobre diversidade como nos dias de hoje. Sobre a importância de se respeitar e de se valorizar a diversidade nas empresas, nas escolas, nas organizações e na sociedade como um todo. E mais: no quanto a diversidade está diretamente ligada a valores profundos como a liberdade, a formação do livre pensamento e a democracia. Viver esse momento histórico é entender que temos o dever de construir um ambiente diverso e inclusivo, onde as pessoas tenham amplas oportunidades para exercer o papel que escolheram desempenhar na sociedade”, enfatizaram.

Eles lembraram que as fábulas podem ser definidas como histórias curtas nas quais os personagens são animais em situações que nos transmitem ensinamentos e lições. “Dizem que o pai da fábula é o grego Esopo, seguido por outros escritores de renome, sendo o mais famoso deles o francês La Fontaine, considerado o pai da fábula moderna. À sua maneira, os autores das fábulas também cultuaram a diversidade, seja na forma de lidar com o pensamento da época, seja recorrendo a diferentes animais, em diferentes situações e com diferentes lições a transmitir”, ressaltaram Paulo Pennacchi e Cleide, frisando que algumas dessas fábulas permanecem vivas até hoje, passados mais de 300 anos.

A diretora do Projeto Crescer, Marisa Bazana, destacou que a obra lançada no Cine Mauá é resultado da soma de uma grande parceria, envolvendo pais ou responsáveis, professores e demais integrantes da equipe do Projeto, patrocinadores e os alunos. “Tudo isso só tem sentido graças a vocês, alunos e alunas do Projeto Crescer, que sempre estão nos surpreendendo com sua criatividade, com sua vontade de fazer mais e melhor”, afirmou a diretoria.

A professora Andressa Oliveira ressalta que anualmente o Projeto Crescer realiza a produção de um livro. “Isso proporciona ao aluno uma experiência única de tornar-se autor de suas próprias obras”, frisou Andressa, que teve a colaboração das professoras  Franciele de Oliveira Sita, Isabela Nunes Pereira, Letícia Maria Brambila da Luz e Marcela Ribeiro Lacerda.  O evento contou com a presença do promotor de Justiça Marcos Vinicius Pesenti, da presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), Aida Assunção, que representou a Fecomércio, da secretária municipal da Assistência Social, Ismailda Ferreira de Lima da Silva, além de representantes do Sesc, Senac, Sesi, clubes de serviço e várias outras entidades.

O livro “Confabulando” foi impresso através da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Dori Alimentos e Pennacchi e realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber