Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Guarda Municipal de Arapongas passa por instrução de armamento e tiro

.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Guardas Municipais de Arapongas(GMA) participaram nesta quarta-feira (11) de uma instrução de armamento e tiro, conforme prevê ofício curricular de convênio com a Polícia Federal. Parte do treinamento aliou ações de disparos com revólveres e pistolas calibre 380, defesa pessoal, técnicas de combate urbano, abordagens soluções de pânico, entre outros que buscam maior e melhor aperfeiçoamento dos profissionais na rotina diária, em favor da segurança pública.

“Essa é uma parte importante do nosso treinamento de armamento, tendo em consideração que o efetivo da nossa GM é todo armado. Passamos por trabalhos específicos dentro da instrução, da qual, são 40 horas de curso voltados ao armamento e tiro. Antecedendo essa etapa, foi realizada também o período teórico com testes psicológicos, instruções de legislação em vigor, entre outros. Todo o trabalho valoriza a segurança pública municipal, bem como a integridade dos GM’s”, explicou o instrutor, Supervisor GM Fechio. Ao todo, os certames de treinamentos teóricos e práticos somam 80 horas.

O secretário de Segurança Pública e Trânsito reitera a importância do desenvolvimento de instruções voltadas à GMA. “ Esses são momentos fundamentais para que os nossos Guardas Municipais estejam altamente preparados para trabalhar corretamente. Somamos todas essas atribuições, ou seja, essa parte de treinamento soma às atuações que serão colocadas em prática efetivamente nas Ruas, levando segurança para toda a população”, disse. Ele acrescenta que as equipes táticas da GM, como GAT e Canil passarão por treinamentos ainda mais aprofundados no decorrer dos meses.

Recentemente a GMA adquiriu novos equipamentos de segurança, entre eles, 45 coletes balísticos, 180 capas para placas balísticas, 12 capas de coletes modulares para as equipes táticas operacionais (GAT e CANIL), insumos para produção de 23 mil munições (pistola 380 e revólver calibre 38) direcionadas ao treinamento para manutenção de porte. Demais materiais menos letais, como armas de eletro choques, sprays de pimenta e granadas de controle de distúrbio civil, também estão previstos para maior aporte ao efetivo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber