Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Pequenos negócios terão categoria especial no Prêmio Movelpar de Design

.

Movelpar acontece no mês de março em Arapongas.
Movelpar acontece no mês de março em Arapongas.

Pela primeira vez, o Prêmio Movelpar de Design, que acontecerá em 18 e 19 de março, terá uma categoria especial para incentivar a participação de micros e pequenas empresas de móveis de Arapongas e região. Dez marcenarias estão inscritas na categoria Sebrae/APL de Móveis. 

Para ajudá-las na criação e fabricação de móveis para a competição, o Sebrae/PR fez uma parceria com os cursos de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Faculdade Pitágoras, além de profissionais de design.

O consultor do Sebrae/PR, Rubens Negrão, diz que o objetivo da categoria é dar oportunidade para pequenas empresas do Polo Moveleiro de Arapongas de profissionalizar a produção e agregar valor aos móveis. “As empresas participantes estão recebendo orientação de designers para o desenvolvimento de produtos”, conta. Os estudantes das universidades parceiras têm auxiliado na criação e aplicação dos projetos. “Para o Sebrae/PR, o prêmio reforça uma tendência, que é a inclusão do design na marcenaria. Além disso, a competição possibilita que as empresas participem desse ambiente de inovação”, pontua.

O produtor executivo do Prêmio Movelpar de Design, Nilson Carlos Violato, explica que esta é a primeira vez que a competição é realizada com foco nas indústrias fabricantes de móveis. Participam da iniciativa empresas que já possuem uma peça de design inovadora ou aquelas que criarão móveis, especialmente, para a premiação. “Os prêmios de design no Brasil acabaram se esvaziando, porque tinham foco apenas na arte. O Prêmio Movelpar quer destacar o móvel que está no mercado, valorizar o papel do design e a estética da arte, mas também o conforto e a funcionalidade”, explica. Violato acrescenta que a grande diferença em relação a outros prêmios é que os móveis apresentados estarão à venda e não serão apenas protótipos.

Uma das curadoras do prêmio, Mônica Barbosa, que é diretora da empresa Living Design e colunista de design Revista Caras, diz que a ideia é estimular uma parceria entre a indústria e o design, para que as fábricas possam se diferenciar no mercado e se tornar mais competitivas. “Primeiro é preciso fazer um bom design, para depois colher os resultados, como um faturamento maior”, pondera. Para ela, olhar o design é fundamental para a indústria encarar esse novo momento em que os consumidores estão mais exigentes, preocupados com a sustentabilidade e com a aquisição de produtos que realmente atendam às suas necessidades. “O Sebrae/PR oferece às marcenarias a oportunidade de se destacarem no mercado e ganharem décadas com o desenvolvimento de produtos inovadores”, opina.

O professor do curso de Arquitetura e Urbanismo e coordenador do grupo de pesquisa Contemporar da UEL, Rovenir Bertola Duarte, conta que cinco grupos foram formados para atender as empresas e cada um deles convidou um designer para participar do desenvolvimento dos projetos. “O interessante é que o perfil das empresas é diferente. Algumas trabalham com equipamentos muito modernos, o que nos permitiu discutir formas de uso de tecnologias que ainda não eram empregadas. Outras possuem uma linha de produção bem tradicional e se abriram muito pra gente pensar em novas maneiras de fabricação. Foi um trabalho muito rico”, descreve. Professor há 22 anos, Duarte confessa que esta foi a primeira vez na carreira que teve a oportunidade de se aproximar das indústrias de móveis.

O coordenador do núcleo de projetos e professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Pitágoras, Robson Naoto Shimizu, diz que a iniciativa tem proporcionado aos alunos uma oportunidade única, pois os aproximou das indústrias e profissionais de design. “Eles foram desafiados a identificar a capacidade produtiva de cada empresa para criar um mobiliário inovador e capaz de atender a um público consumidor real”, aponta. O processo é dinâmico e bem diferente daquele experimentado pelos estudantes na academia. Na avaliação de Shimizu, indústrias e universidades deveriam caminhar juntas. “Espero que essa experiência comprove todas as vantagens dessa aproximação e incentive mais instituições de ensino e empresários a abrir as portas”, completa.

A premiação será realizada durante a Movelpar 2019, que ocorre entre 18 e 21 de março, no Centro de Eventos Expoara, em Arapongas. A votação do júri está marcada para 18 de março e o anúncio dos vencedores para o dia seguinte. Participam, na categoria Sebrae/APL de Móveis, as empresas: AJL Móveis,  KNR Móveis,  Móveis Novo Estilo, Fibrillare, Phoenix Baby, Carppem Movelaria, Apolo Estofados,  Eccenza Estofados,  Alumínium Decor e  Ambientare Planejados. Os três melhores projetos serão premiados. Entre os critérios de avaliação estão inovação e produção (grau de inovação e viabilidade da produção); funcionalidade (usabilidade e ergonomia); estética (apelo emocional e ambientação); e sustentabilidade e responsabilidade (uso consciente dos recursos).

O prêmio

O Prêmio Movelpar de Design é uma iniciativa da Movelpar, com apoio da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), Sebrae/PR, Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (Sima), Apex Brasil (Agência de Promoção da Exportação do Brasil) e Brazilian Furniture. A competição de design é bianual e foi fundada com o objetivo de reconhecer a excelência dos designers e das indústrias expositoras da Movelpar, realizada em Arapongas, no norte do Paraná. O foco da premiação é criar uma compreensão do design aplicado para a indústria como uma ferramenta de criatividade e de inovação, capaz de proporcionar relevância econômica do setor moveleiro atual.

A meta é incentivar designers, indústria e marcas a criarem produtos originais e com maior valor agregado, usando materiais renováveis e sustentáveis que beneficiam a sociedade e a competitividade no mercado global. Já a finalidade do prêmio é ser um instrumento de marketing para os participantes e premiados por um júri, formado de renomados membros da imprensa, respeitados arquitetos, designers, acadêmicos e especialistas da indústria. Além da categoria Sebrae/APL de Móveis, na modalidade marcenaria, há a categoria Grandes e Médias Empresas, nas modalidades sala de estar, sala de jantar e copa, quarto, cozinha, banheiro, área externa e linha rústica, infantis e escritórios.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber