Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Apae confecciona panos de limpeza

.

O araponguense Nicolau Ignácio Luski, 35 anos, estuda na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Arapongas (Apae) desde a infância e participa há três anos de um projeto da instituição, que transforma pedaços de tecido de algodão em panos de limpeza. Para ele, o trabalho é uma distração e fica todo orgulhoso ao contar sobre a atividade. “Eu corto o tecido e ajuda na montagem dos panos. Me distrai bastante”, conta.

Outro aluno do projeto é Danilo Rodrigues de Souza, 25, e ele concorda com o colega de classe ao falar sobre o trabalho que desempenha em sala de aula. “Eu gosto bastante de fazer o pano e também sei todos os processos da produção, passo a passo. Eu nem lembro do que acontece fora da escola. Estar aqui me faz esquecer do resto”, explica. O estudante Joelcio Petachinski de Camargo, 31, também concorda com os colegas de classe quando o assunto é o projeto. “Passa hora e eu nem vejo. Me distrai bastante”.

Segundo a coordenadora pedagógica da Apae Arapongas, Mirian Cristina Papa Nunes, que trabalha há 29 anos na instituição, o projeto “Unidade Ocupacional de Produção”, tem como objetivo confeccionar panos de limpeza e começou há cerca de 3 anos. Na subsede da Apae, localizada na Rua Pombas, estudam 121 alunos, de até 65 anos. Já no projeto, estudam 51 alunos, de 16 a 53 anos, homens e mulheres.

Para confeccionar os panos de limpeza, que em média medem 20 x 20 cm, a coordenadora diz que a instituição recebe doações de camisetas usadas de várias empresas e também da comunidade. “Já fizemos campanhas em escolas e nas redes sociais que tiveram grande valia. Além disso, às vezes compramos malhas e retalhos de tamanhos grandes. Os panos de limpeza produzidos em sala de aula são destinados às empresas que trabalham com mecânicos, já que o produto auxilia na limpeza das mãos e equipamentos”, completa Mirian.

Os alunos participam de todo processo da confecção da estopinha, desde a abertura e corte das camisetas, que são doadas para a produção dos panos de limpeza. Os estudantes contam com o auxílio da professora Aparecida Litwinczuk, que é quem ensina passo a passo da confecção. “Quando tem botões eles tiram, depois cortam no tamanho já previamente determinado, separam por cor, tamanho, montam, e depois vai para a costura, onde se pesa e amarram cinco quilos, cada fardo”, diz Aparecida.

A professora explica que tudo o que é feito dentro da sala de aula é explorado pedagogicamente, desde cor, tamanho, espessura, contagem, medidas, além da responsabilidade, respeito, companheirismo e trabalho em equipe. “Depois de pronto, vendemos o produto para algumas empresas da cidade, o que gera uma renda extra para os gastos da instituição”, acrescenta.

Atualmente, a Apae Arapongas conta com 365 alunos, divididos em duas sedes, uma situada na Rua Pombas e outra na Rua Harpia. A instituição é dirigida por Sonia Aparecida Perugini Pombolo e presidida por Pedro Paulo Bazana.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber