Mais lidas
Arapongas

Erosão avança no Córrego Bandeirantes em Arapongas

.

Chuvas intensas voltaram a preocupar Arapongas.  Foto: Assessoria
Chuvas intensas voltaram a preocupar Arapongas. Foto: Assessoria

As chuvas intensas do fim de semana voltaram a preocupar Arapongas, em especial em alguns pontos com erosões, como no Jardim Bandeirantes e San Rafael. O problema mais grave ocorreu na Rua Pavão, no trecho de acesso entre os bairros Bandeirantes e Portal das Flores, onde o Córrego Bandeirantes transbordou e a enxurrada invadiu a via por algumas horas. Ontem à tarde, equipes da Secretaria de Obra estiveram no local para fazer a limpeza da via e reforçar a contenção.

O problema é antigo, segundo os moradores, mas sempre vêm à tona nos períodos de chuvas, como em janeiro de 2016. A erosão já tem mais de 5 metros de extensão. A tubulação, que está com parte comprometida pelo lixo, não consegue captar toda a água, que acaba transbordando na pista. 

“A sujeira tranca a tubulação e enxurrada acaba transbordando”, diz o encarregado da garagem de máquinas João Carlos Cardoso. Porém, no outro lado da rua, a erosão também avança. Numa pequena parte foi construída contenção, evitando que a erosão chegasse até a via. Para o morador de uma chácara, próximo ao córrego, o estudante Matheus Galardinovic, o problema vai além da erosão. “Quando chove, a enxurrada, que vem cheia de lixo, invade uma mina, que fazemos uso regularmente”, diz. 

Ainda segundo o estudante, a via é regularmente usada por trabalhadores. A Rua Pavão foi liberada ontem no final da tarde. Cerca de dez funcionários da Prefeitura trabalharam para retirar o barro e colocar pedras na margem do córrego. 

“As pedras são usadas para dar sustentação e evitar que a erosão avance”, diz Cardoso. Segundo a coordenadora da Defesa Civil, de Arapongas, Caroline Gonçalves Artacho, outra situação ocasionada pelas chuvas foi o rompimento de um muro no Jardim Bandeirantes, mas ninguém ficou ferido. No caso do Jardim San Rafael, a erosão já destruiu parte da estrutura do Club Campestre. O problema é antigo e foi parar na Justiça. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber