Arapongas

Tribuna alerta sobre ação de estelionatários

Da Redação ·
Estelionatário se passou por funcionário da Tribuna do Norte em Arapongas. Foto: Divulgação
Estelionatário se passou por funcionário da Tribuna do Norte em Arapongas. Foto: Divulgação

Falsos vendedores estão cobrando renovação de assinaturas Após o registro de um caso e tentativas, a Tribuna do Norte está alertando assinantes sobre a ação de estelionatários que estão utilizando o nome da empresa com intuito de fazer cobranças indevidas da renovação de assinaturas. 

continua após publicidade

Na última sexta-feira, uma paróquia de Arapongas foi alvo dos bandidos. Segundo a funcionária da paróquia, Simone da Conceição, que esteve ontem na 22ª SDP para confeccionar o boletim de ocorrência do caso – que será finalizado hoje após comparecimento do pároco João Ozório de Oliveira à delegacia - o golpista entrou em contato com inicialmente com o pároco na quinta-feira cobrando a renovação da assinatura. 

Posteriormente, o golpista ligou para a paróquia e falou com ela. “Ele me disse que a empresa estava com problema no sistema, não estava gerando boletos e excepcionalmente a cobrança ia ser feita por nota com envio da nota fiscal depois”, comenta. 

continua após publicidade

Segundo ela, o estelionatário era bem articulado e chegou a prometer uma coletânea do padre Zezinho, ou padre Marcelo Rossi a título de brinde. A cobrança foi feita no dia seguinte por uma segunda pessoa, que deixou um recibo de pagamento falso (veja na imagem). 

Tribuna alerta sobre ação de estelionatários fonte: Reprodução

Segundo ela, o rapaz que recebeu o cheque era negro, magro e usava bigode. Ela não reconheceu a voz do cobrador o que indica que este não foi o responsável pela ligação. A conta onde o cheque foi depositado já foi rastreada para as devidas providências. 

continua após publicidade

O supervisor do setor de assinaturas da Tribuna, Victor Lopes, destaca que entre quinta e sexta-feira da semana passada, outros dois assinantes da Tribuna – um colégio em Apucarana e outra paróquia em Arapongas – relataram tentativa de golpe. 

Cobrador uniformizado
“É bom frisar aos assinantes que a empresa jamais exige pagamentos sem recibos padronizados ou impressos com logo da empresa. Temos um cobrador que trabalha uniformizado e com crachá e nosso setor de telemarketing é formado apenas por mulheres, além de possuirmos dois vendedores com mais de 25 anos de empresa, ou seja, são conhecidos”, comenta.