Arapongas

Polícia confirma que 26 presos escaparam da cadeia pelo telhado em Arapongas

Da Redação ·
Problemas carcerários são frequentes em todo o Brasil  - Foto: Sérgio Rodrigo - imagem ilustrativa - arquivo TN
Problemas carcerários são frequentes em todo o Brasil - Foto: Sérgio Rodrigo - imagem ilustrativa - arquivo TN

A Polícia Civil divulgou na tarde desta sexta-feira (24/06), lista com nome dos presos que fugiram do setor de carceragem da 22º Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas. Conforme o documento, 26 detentos conseguiram escapar da cadeia durante esta madrugada. 

continua após publicidade

Os presos fizeram um buraco no teto e conseguiram sair da prisão. Assim que a movimentação foi percebida a Polícia Militar (PM) foi chamada para auxiliar os agentes carcerários e os policiais civis. Presos foram flagrados fugindo pelo telhado outros pulando os muros do prédio. Até a fuga desta madrugada, 197 presos viviam em um espaço projetado para 38 pessoas.

Leia abaixo os nomes dos detentos que conseguiram escapar da prisão: 

continua após publicidade

1 - Ademar Machado de Oliveira Junior
2 - Adriano José França
3 - Alessandro Rogério de Souza
4 - André Kuiz Hosti Vieira
5 - Conrado Daniel Ottenio
6 - Danilo Silvestre
7 - Diego Henrique Afonso de Oliveira
8 - Douglas de Oliveira
9 - Edson Brito de Souza
10 - Fabio Antonio Reversso
11 - Flavio Camilo de Carvalho
12 - Genildo de Santana Junior
13 - Hugo Marlone Lourenço
14 - Jonathan Taborda Ferreira Lima 
15 - Leandro Mantovani da Silva
16 - Leandro Ricardo da Silva
17 - Lucas Aparecido Batista de Oliveira
18 - Luiz Carlos Bueno
19 - Maycon Rocha Leme
20 - Ramon Ferraz Silva
21 - Renan Guilherme Bertolla
22 - Roberto Pereira dos Santos
23 - Ronaldo Cesar dos Santos
24 - Valdir Aparecido da Costa
25 - Vinícius Renan Patruceli de Oliveira 
26 - Wallace Henrique Veloso

SUPERLOTAÇÃO - A superlotação na cadeia de Arapongas é um problema crônico que aflige não só o Estado, mas todo o sistema penitenciário brasileiro. A unidade apresenta maior número de presos por vagas disponibilizadas, e operando muito acima de sua capacidade ideal. No início deste ano mais de 200 delegados do Estado decidiram se mobilizar para cobrar a remoção de presos das cadeias para penitenciárias.