Mais lidas
Arapongas

Roubo de carga leva oito para prisão em Arapongas (PR)

.

Os seis presos em Arapongas foram encaminhados para Astorga - Foto: Sérgio Rodrigo
Os seis presos em Arapongas foram encaminhados para Astorga - Foto: Sérgio Rodrigo

Uma operação conjunta da Polícia Militar resultou na prisão de oito pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de roubo de cargas na região de Arapongas. Um caminhão carregado de mercadorias foi recuperado, um revólver e outros três carros foram apreendidos. O grupo é suspeito de ter cometido dois assaltos na região.

As primeiras prisões aconteceram no final da manhã na PR-218, entre Pitangueiras e Astorga, após policiais interceptarem um caminhão tomado de assalto em Cambé. Segundo a polícia, uma dupla armada cercou o caminhoneiro quando ele saía de uma distribuidora de alimentos, localizada na BR-369, por volta das 10 horas. Os bandidos abandonaram o motorista amarrado logo em seguida.

A PM foi avisada e cercou o caminhão na PR-218. Genival Ramalho da Silva, 46 anos, e Rodrigo Aparecido Suman, 27 anos, foram presos em flagrante. Segundo o delegado de Astorga, André Luiz de Oliveira Vilela, a partir da prisão da dupla, a investigação levou à polícia ao restante da quadrilha, que estava abrigada em uma casa no Jardim Flamingos, em Arapongas. Seis pessoas foram presas no endereço na tarde de ontem.

Três carros usados pela quadrilha como batedores da carga roubada foram apreendidos: um Golf, um Fiat Strada e um Astra com placas de Curitiba. Segundo o delegado, a maior parte da quadrilha é da capital, mas os ladrões contavam com apoio de moradores de Astorga e Arapongas. Segundo o delegado, o mesmo grupo é suspeito de envolvimento no roubo de outro caminhão carregado de gêneros alimentícios em Jaguapitã. O destino da carga, segundo o delegado era o município de Iguaraçu.

“Certamente eles têm um barracão nesse município e um esquema para desovar a carga”, afirma o delegado que destaca que as prisões envolveram o trabalho de policiais militares de quatro municípios: Astorga, Arapongas, Pitangueiras, Sabáudia e Arapongas. Até o final da tarde de ontem, a polícia não tinha terminado a identificação dos demais suspeitos.

RECAMBIADOS
- Os seis presos em Arapongas foram encaminhados para Astorga, onde seriam ouvidos, e posteriormente recambiados para Cambé, onde ocorreu o assalto. “Essa é uma resposta das forças de segurança pública, o que é importante para sociedade. Só hoje (ontem) ainda registramos outras cinco prisões na cidade”, finaliza o delegado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber