Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Arapongas

Governo altera traçado e adia contorno em Arapongas

.

Trecho urbano da BR-369, Avenida Maracanã sofre com intenso fluxo de veículos | Foto: Delair Garcia
Trecho urbano da BR-369, Avenida Maracanã sofre com intenso fluxo de veículos | Foto: Delair Garcia

Esperado há anos pelos moradores de Arapongas e com início previsto para este ano, o Contorno Leste do município ainda não saiu do papel e não deverá manter o cronograma. O atraso se deve a um impasse entre a concessionária da rodovia e o Governo do Paraná sobre o trajeto da pista. Com as contas apertadas, o Estado busca alternativas para reduzir o investimento necessário. Por isso, o projeto, que já estava pronto, deverá sofrer alterações.

A concessionária Viapar, que administra a BR-369 na região, iniciou o projeto para a construção do contorno de Arapongas em março de 2013, com os estudos técnicos. A obra promete desafogar o trânsito da Avenida Maracanã, que atualmente faz parte da principal rota de ligação do sudoeste paranaense com a cidade de Londrina e interior do estado de São Paulo.Finalizado recentemente, o projeto está com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), órgão do Governo do Estado que regulamenta as rodovias.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da instituição explicou que técnicos e engenheiros do Estado estão analisando mudanças na proposta de trajeto, com o objetivo de cortar custos.De acordo com o órgão, a construção da rodovia demanda a desapropriação de terras particulares e o consequente pagamento do valor da área aos proprietários. Para que os custos desse processo, que é feito pelo DER, não fiquem muito altos, é possível que o trajeto original seja modificado. Sendo assim, não há previsão para o início das obras.

SEGURANÇA - Estimativas de 2013 apontavam que aproximadamente 14 mil veículos cortavam Arapongas diariamente através da Avenida Maracanã, trecho urbano da BR-369. Muitos desses são caminhões que apenas passam pelo município, contribuindo apenas para o aumento do risco de acidentes e atrapalhando o tráfego no perímetro urbano.

“Estudos mostram que a construção do contorno retiraria mais de 60% do fluxo de caminhões da Avenida Maracanã, o que aumentaria a segurança do trecho”, explica o secretário municipal de Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito, Antônio Aparecido de Oliveira.A obra, estimada em R$ 103 milhões, deverá ter cerca de 10 quilômetros de extensão em pista dupla e estará compreendido entre os quilômetros 179 e 189 da rodovia BR-369. No entanto, o atraso preocupa. “A cada dia que passa, a tendência é piorar. O número de veículos em circulação só aumenta e a Avenida Maracanã já atingiu seu limite há alguns anos. O contorno é muito importante e extremamente necessário”, afirma o secretário.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Arapongas

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber