Arapongas

Hospital abrirá mais 20 leitos de UTI em dezembro

Da Redação ·
O Governo do Estado autorizou nesta segunda-feira (27) o repasse de R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos ao Hospital Regional João de Freitas, de Arapongas, no Norte do Paraná. Curitiba, 27/10/2014.Foto: Venilton Küchler/SESA
O Governo do Estado autorizou nesta segunda-feira (27) o repasse de R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos ao Hospital Regional João de Freitas, de Arapongas, no Norte do Paraná. Curitiba, 27/10/2014.Foto: Venilton Küchler/SESA

O Governo do Estado autorizou nesta segunda-feira (27) o repasse de R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos ao Hospital Regional João de Freitas, de Arapongas, no Norte do Paraná. Os aparelhos permitirão a abertura de 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento adulto. 

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explicou que serão adquiridos ventiladores mecânicos, monitores multiparamétricos e outros itens necessários para o funcionamento da UTI. As obras da nova ala foram iniciadas em abril de 2014 e estão bem adiantadas. A previsão é que o serviço comece a funcionar em dezembro, ampliando para 68 o número de leitos de UTI adulto disponíveis no hospital. 

De acordo com Caputo Neto, o Hospital Regional João de Freitas cumpre papel estratégico na rede pública de saúde do Paraná, sendo referência no atendimento para toda a região Norte. “A unidade faz parte da Rede Paraná Urgência e por isso recebe apoio financeiro mensal do Estado para melhor atender a população”, afirmou. 

O João de Freitas é um hospital filantrópico mantido pela Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer. O presidente da entidade, Umberto Tolari, afirma que a parceria com o Governo do Estado está sendo essencial para a manutenção dos serviços do hospital. “Hoje, 93% da nossa estrutura está direcionada ao SUS. Se não tivéssemos esse apoio do Estado seria praticamente inviável continuar atendendo a população”, ressaltou. 

Segundo Tolari, o objetivo agora é ampliar a oferta de serviços e qualificar ainda mais o atendimento. “Em breve, pretendemos implantar mais 60 leitos de enfermaria e um novo serviço de radiologia”, destacou. 

continua após publicidade