Arapongas

Paisagista convidado pelo OAA e Geama visita Parque dos Pássaros nesta quinta

Da Redação ·
 Membros do Observatório Ambiental e do Geama, na primeira visita ao Parque, realizada  em abril
fonte:
Membros do Observatório Ambiental e do Geama, na primeira visita ao Parque, realizada em abril

A convite do Observatório Ambiental de Arapongas (OAA) e de entidades a ele ligadas, membros do Grupo de Estudos Avançados sobre o Meio Ambiente (Geama), da Universidade Estadual de Londrina (UEL), fazem nesta quinta-feira (08), às 14h30, a segunda visita ao Parque dos Pássaros. O grupo será formado por coordenadores do Geama e pelo professor e paisagista Nelson Tagima.

continua após publicidade

“É mais um passo que se dá na realização de um diagnóstico para recuperação do parque. Nós acreditamos que este diagnóstico poderá respaldar a administração municipal e as entidades interessadas na recuperação do local a elaborar projetos para buscar recursos junto ao governo, bem como a definir as medidas que devem ser tomadas a curto, médio e longo prazo pela própria comunidade”, afirma a presidente do OAA, Sandra Gasparotti.


No mês passado, o Geama realizou a primeira visita ao Parque dos Pássaros. O grupo considerou o parque um local de grande beleza natural, que pode ser um ponto de convívio comunitário e para várias ações esportivas e culturais. Porém, alertou que para isso é preciso um plano de recuperação e conservação.

continua após publicidade

“A princípio, a meta é estabelecer um pré-diagnóstico, identificando as possibilidades de ação. Depois, um projeto maior, com vários subprojetos que podem ser realizados nesta área, vendo quais as entidades interessadas, como poder público e grupos privados”, afirmou o professor e doutor Paulo Bassani, do Departamento de Ciências Sociais da UEL e coordenador do Geama. Ele esteve no Parque dos Pássaros acompanhado por Alex Gonçalves, da Associação de Recicladores de Lixo Elétrico Eletrônicos (E-Lixo) e Ângela Maria de Bonfim.

Os dois são colaboradores externos do Geama.

O OAA também espera que o Geama participe da audiência pública, proposta pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e que vai acontecer no próximo dia 12, às 17 horas, no Parque dos Pássaros. O Geama constitui-se num grupo de estudos e pesquisas ambientais em que, através de encontros mensais, preocupa-se em reunir de maneira interdisciplinar pesquisadores, ambientalistas, estudantes e militantes que queiram compreender melhor o meio ambiente em suas inúmeras dimensões. Foi fundado em 2003 a partir de um grupo de professores e alunos que se reuniam no CCH/UEL para estudar e debater a temática ambiental.