Arapongas

PM prende suspeito de roubo seguido de morte na casa de Pennacchi

Da Redação ·
Em 26 de novembro de 2011, Pio foi preso em Apucarana pela Polícia Civil sob a acusação de envolvimentos em roubos na cidade e região (Foto: Delair Garcia, da Tribuna do Norte)
fonte:
Em 26 de novembro de 2011, Pio foi preso em Apucarana pela Polícia Civil sob a acusação de envolvimentos em roubos na cidade e região (Foto: Delair Garcia, da Tribuna do Norte)

Policiais da Agência de Inteligência (AI) da 7ª Companhia Independente da 7ª Companhia da Polícia Militar de Arapongas fizeram a detenção, por volta das 2 horas da madrugada deste sábado (14), de Flávio Camilo de Carvalho, o "Pio", 25 anos, quando ele estava na Praça do Café, na área central de Jandaia do Sul. Segundo a polícia, Pio é suspeito de ser um dos bandidos que invadiram a residência do empresário araponguense Francisco Marcos Pennacchi, de 68 anos, na madrugada de 28 de novembro.
 

continua após publicidade
confira também



O empresário morreu após sofrer infarto durante assalto à sua casa. Marcos e sua família tiveram armas apontadas contra eles e o empresário, que foi agredido pelos bandidos, acabou sofrendo ataque cardíaco fulminante em seguida. 

O escrivão Aguinaldo Uribes, da Polícia Civil de Jandaia do Sul relatou que Pio foi autuado em flagrante por suso de documento falso. Além de ser suspeito de participação no roubo à residência de Pennacchi, Pio é fugitivo do 2º Distrito Policial de Londrina e considerado pela polícia um bandido de alta periculosidade. Em 26 de novembro de 2011, Pio foi preso em Apucarana pela Polícia Civil sob a acusação de envolvimentos em roubos na cidade e região.

O delegado Osnildo Carneiro Lemes, titular da 30ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Arapongas, foi informado sobre a prisão do suspeito do assalto que resultou na morte do empresário araponguense.

Ele deverá ser recambiado para Arapongas ou Londrina.


Leia mais na edição de domingo (15) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná