Arapongas

Entidades lamentam perda e se manifestam contra a criminalidade

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Entidades lamentam perda e se manifestam contra a criminalidade
fonte:
Entidades lamentam perda e se manifestam contra a criminalidade

Amigos e parentes do empresário começaram a chegar no início da tarde no velório do empresário Francisco Marcos Pennacchi. A gerente do Sesi de Arapongas, Solange Aparecida Santos Custódio, emocionada, contou que trabalhou cerca de 20 anos com o empresário na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). “Não tem como mensurar a falta que o Marcos irá fazer, ele era um homem muito bom, inteligente e educado. É uma grande perda para a comunidade”, lamenta a gerente.
 

continua após publicidade
confira também



O enterro está marcado para acontecer às 9 horas de hoje, no Cemitério Municipal de Arapongas. O empresário deixa esposa, seis filhos e nove netos. Lideranças e entidades ligadas ao setor empresarial e à segurança lamentaram a morte do empresário e a violência envolvida no fato.

O prefeito de Arapongas, Antônio José Beffa, disse que o ex-colega dos tempos de ginásio deixará saudade. “O município perde uma pessoa que deixou um exemplo de liderança e empreendedorismo. Alguém arrojado, que ajudou a impulsionar a economia daqui. Deixará, em toda cidade, um buraco difícil de ser preenchido”, expressou Beffa.

Novo presidente do Conselho Comunitário de Segurança, o advogado Osvaldo Damião Veiga Filho afirmou que a forma como se deu o fato reflete o “momento de grande insegurança” pelo qual passa a cidade. “Mesmo com todo aparato de segurança que tinha a residência, ainda assim ele foi vítima dessa brutalidade”, lamentou ele, reiterando reivindicações históricas da comunidade, como o aumento do efetivo policial e a maior integração das polícias, incluindo as forças de inteligência.

Em nota, a Associação Comercial e Empresarial de Arapongas (Acia) destacou a contribuição do empresário, à frente da Pennacchi, para alavancar “o desenvolvimento sócio-econômico de Arapongas, através de suas empresas e de suas ações sociais”. “O que nos deixa mais entristecidos é o caráter vil de sua morte”, cita o texto encaminhado à imprensa.