Arapongas

Santa Casa terá aporte de R$ 100 mil

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Santa Casa terá aporte de R$ 100 mil
fonte: Sergio Rodrigo
Santa Casa terá aporte de R$ 100 mil

As grávidas de Arapongas terão mais segurança e qualidade de atendimento durante um dos ciclos que requerem maiores cuidados na vida. É o que pretende um convênio firmado entre Prefeitura e a Santa Casa de Misericórdia, que repassará R$ 100 mil por mês ao hospital, para atendimento a gestantes, do neonatal ao pós-parto. O dinheiro será utilizado na execução do programa batizado de “Mãe Araponguense”.

A Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade em segunda e última votação na sessão da última segunda-feira, o Projeto de Lei (PL) 38/2013, referendando o Termo de Convênio 003/2013, firmado entre a Irmandade da Santa Casa e o município de Arapongas. Provedor do hospital, Osvaldo Damião explica que o programa reforça o atendimento já prestado pela unidade de assistência materno infantil.

Atualmente, o hospital realiza uma média de 100 partos por mês. O objetivo, segundo informa, é atender as mães desde a concepção até o pós-parto. “Hoje, sabemos que as mortes não ocorrem nos hospitais, mas por falta de acompanhamento, que acabam gerando doenças, que podem resultar em morte”, comenta. Com a realização do pré-natal, por exemplo, prossegue ele, dificilmente uma doença se manifesta. “Iremos fortalecer todo esse tipo de trabalho”.
O dinheiro também poderá ser utilizado para contratar mais profissionais de saúde. “Já é bem divulgada a dificuldade de se contratar pediatras. Agora, a Santa Casa está recebendo recursos para contratar, pelo menos, cinco médicos dessa especialidade”, acrescenta. Além disso, os recursos servirão para equacionar compromissos e iniciar novos serviços.
“Tudo isso resultará num atendimento de mais qualidade para o município”, afirma ele, completando que ainda está sendo agendado junto à prefeitura o evento de assinatura do convênio.

A Santa Casa de Arapongas também integra a rede de hospitais credenciados pelo programa Mãe Paranaense, do Governo do Estado, que disponibiliza recursos e equipamentos para o atendimento a gestantes.

VEREADORES - Vereadores de Arapongas ligados à saúde destacaram a conquista pelo Hospital durante a sessão de anteontem. Enfermeira, a vereadora Angélica Ferreira (PSC) disse já ter presenciado situação onde foi necessário acionar o Ministério Público para garantir atendimento a gestantes. Na condição de médico ginecologista da própria Santa Casa, Valdecir Oliveira (PSDB) agradeceu em nome do Hospital e lembrou das condições dos atendimentos sem o convênio.

continua após publicidade