Arapongas

Arapongas reduz incidência de Dengue

Da Redação ·
Arapongas reduz incidência de Dengue
fonte: Arquivo
Arapongas reduz incidência de Dengue

Em decorrência de uma série de fatores, como um minucioso trabalho de campo realizado pelos agentes de endemias e pela própria conscientização da população, este ano está sendo considerado tranqüilo em relação à incidência de Dengue no município de Arapongas. Dos 92 casos suspeitos registrados até agora, 86 apresentaram resultados negativos para a doença, seis aguardam resultado de exame e apenas dois se confirmaram, mesmo assim de casos importados.

Segundo Aparecida de Oliveira, coordenadora do Programa de Controle da Dengue, apesar dos números positivos, o pessoal continua fazendo um trabalho preventivo, visando a proximidade do verão, pois os ovos do mosquito resistem até 1 ano sem água, e a única maneira de se prevenir é eliminar dos quintais todo objeto, que possa se tornar um foco de criação do mosquito.”Em comparação a 2011, tivemos uma diminuição de quase 90% dos casos suspeitos, mesmo assim, a qualquer momento esse quadro pode mudar, visto que municípios próximos continuam apresentando casos positivos”, informou a coordenadora.

FINADOS
O Controle de Endemias está preparando uma grande ação preventiva no Cemitério, visando o Dia de Finados, que acontece no próximo dia 2 de novembro. O trabalho vai focar principalmente os vasos de flores, que podem se tornar criadouros do Mosquito Transmissor da Dengue, principalmente os que vêm embalados com papel celofane ou embalagem plástica.

continua após publicidade
confira também

Conforme o Programa de Controle da Dengue, este trabalho vem sendo realizado há 3 anos e já se tornou uma rotina. “No início houve alguma rejeição da população, mas agora a maioria já se conscientizou sobre a importância da medida”, acrescenta a coordenadora Aparecida de Oliveira.

Ela também comemora os resultados, pois antes da medida ser implantada, o Programa recebia muitas reclamações de moradores próximos ao Cemitério, sobre a presença de mosquitos."Hoje o índice da região diminuiu e não temos mais reclamações”, finalizou.