Arapongas

PM de Arapongas e Sabáudia detêm latrocida, homicida e traficante

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia PM de Arapongas e Sabáudia detêm latrocida, homicida e traficante
fonte: Delair Garcia
PM de Arapongas e Sabáudia detêm latrocida, homicida e traficante

Um trabalho conjunto do Serviço Reservado (P2), Rotam e Rádio Patrulha de Arapongas e Sabáudia resultou hoje (18) na detenção de quatro pessoas acusadas de formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas no km 4 da Estrada Sussuí, na zona rural de Sabáudia. Entre os detidos estão um latrocida, um homicida e um traficante, além de uma adolescente de 16 anos.

A operação teve início depois que a PM recebeu informação de populares dando conta que um grupo em atitudes suspeitas havia invadido uma escola abandonada. Na escola abandonada foram presos Éder Figueiredo de Souza, o "De Menor", de 24 anos, que estava com a prisão preventiva decretada em Paranacity sob a acusação de participar recentemente do assassinato de uma pessoa no interior de lanchonete daquela cidade, Gilmar Luiz dos Santos, o "Gilmarzinho", de 19 anos, flagrado em outra oportunidade com 20 quilos de maconha em Guaíra, Fábio Aparecido Figueiredo Woicheski, 32, que já cumpriu pena de 10 anos de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte). 

A adolescente J.R., de 16 anos, estava junto com os três no local e foi apreendida. Todos os detidos são oriundos de Paranacity, na região noroeste do Paraná. "Com eles nós encontramos um revólver Taurus calibre 38 com a numeração raspada, um revólver Rossi calibre 32, 15 buchas de cocaína e três buchas grandes de maconha. Fizemos um trabalho bem realizado graças à colaboração da população, que nos passou as informações iniciais sobre a presença desse grupo na região", afirma o capitão Vilson Laurentino da Silva.

continua após publicidade
confira também

O oficial da PM acrescenta que o bando também é investigado como possível autor de roubo a ônibus na região. "Estamos apurando essa hipótese, pois há alguns dias um coletivo assaltado perto de Astorga foi levado para um local próximo à escola abandonada onde os detidos pernoitavam", completa o capitão.