Arapongas

PM apreende mais de 200 pedras de crack e cocaína em Arapongas

Da Redação ·
Apreensões de drogad com menores estão cada vez mais frequentes em Arapongas e região
fonte: Tribuna do Norte
Apreensões de drogad com menores estão cada vez mais frequentes em Arapongas e região

Policiais da Rotam de Arapongas apreenderam ontem à tarde mais de 200 papelotes de crack e cocaína. A droga pertencia a um adolescente de 17 anos morador do Jardim Bandeirantes. A apreensão é resultado de uma sequência de operações contra o narcotráfico. O volume de prisões bateu recorde em Arapongas no mês passado.


O menor não era conhecido no meio policial. Além dos tóxicos, os PMs localizaram mais de R$ 3 mil, cerca de 40 munições de revólver calibre 38 e três balanças de precisão.


“Os policiais desconfiaram do menor e fizeram abordagem. Depois foram à casa dele, onde estava toda esta droga”, relata o subcomandante da 7ª CIPM, capitão Vilson Laurentino.


Segundo o oficial, a intensificação do trabalho policial resultou no recorde em prisões por tráfico no último mês. “Foram 21 prisões contra 25 feitas nos cinco primeiros meses do ano. Isto se deve à ênfase que estamos dando no combate ao tráfico”, destaca Laurentino. O capitão argumenta que o tráfico é a raiz da criminalidade.“


Combatendo o tráfico diretamente, combatemos os outros crimes. Continuaremos com este trabalho”, ressalta o subcomandante da PM araponguense.


O menor ainda tinha uma agenda onde controlava o comércio de drogas. Ele foi levado para a delegacia onde foi autuado em flagrante por tráfico e posse ilegal de munição. “Acreditamos que há outra pessoa, um maior, envolvido com ele neste esquema”, estima Vilson Laurentino.


A série de prisões começou no dia 1º do mês passado, quando os policiais militares prenderam cinco homens envolvidos em assalto e tráfico.


Dois deles assaltaram uma pizzaria no Jardim Flamingos e foram presos. Com eles, os PMs encontraram uma carabina e um revólver calibre 22. Na casa, os policiais localizaram três comparsas e 21 pedras de crack.


“E foi assim durante o mês. O nosso trabalho é para saturar o tráfico mesmo”, reforça o capitão Vilson Laurentino.
Na noite da quarta-feira passada, uma adolescente de 16 anos foi apreendida com um tablete de maconha. Ela era passageira de uma motocicleta pilotada por uma mulher de 32 anos, no Parque Industrial Oeste.


Os policiais pararam a moto para averiguação e a droga, pesando quase 300 gramas foi encontrada nas vestimentas da menina.

continua após publicidade