Arapongas

Polícia procura corpo de aposentada

Da Redação ·

A Polícia Civil de Arapongas fez ontem mais uma incursão de buscas a uma mulher desaparecida há quatro meses. Há suspeita que ela tenha sido assassinada por seu próprio filho e teve o corpo ocultado.

continua após publicidade

Uma retroescavadeira remexeu os escombros da casa onde ela morava, na Vila Sampaio. A polícia suspeitava que o corpo tivesse sido enterrado debaixo da casa. Contudo, nada foi encontrado.

O imóvel foi incendiado no mês de junho por um vizinho da desaparecida, que tinha uma disputa pelo filho dela, Carlos Roberto Correia de Carvalho, 44, principal suspeito pelo sumiço da mãe. Logo após o incêndio, Carvalho foi preso mas nega o crime.

continua após publicidade

A aposentada Darci de Sousa Carvalho, 66 anos, sumiu na tarde de 14 de abril após, segundo depoimentos de testemunhas, ter sido obrigada a entrar no carro do filho, em um ponto de ônibus.

O suspeito é ex-presidiário, cumpriu pena de 26 anos. “Ele tem várias broncas, como furto, assalto, tentativa de estupro contra a própria irmã e outros crimes”, disse o escrivão Danilo Piccinato.

  “Não poderíamos de deixar de cumprir a diligência na casa dela. Para sanar dúvidas era inevitável fazer estas buscas. Mas temos outras informações e num trabalho de muita cautela vamos checar”, disse o delegado chefe de Arapongas, Walter Helmut. Carlos Carvalho é suspeito, porque segundo relato até de familiares,  ele queria que a vendesse bens a seu favor