Apucarana

Zeladoria da prefeitura atende ao Parque Biguaçu

A equipe de manutenção de áreas públicas da Prefeitura de Apucarana trabalha nesta semana no Parque Biguaçu

Da Redação ·

A equipe de manutenção de áreas públicas da Prefeitura de Apucarana trabalha nesta semana no Parque Biguaçu. O andamento do serviço foi vistoriado nesta terça-feira (11/01) pelo prefeito Júnior da Femac. “As praças e parques são jardins das cidades. São áreas de convivência importantes, que servem de ponto de encontro e lazer das famílias e por isso merecem sempre estar com a conservação em dia. Acredito que o exemplo deve vir de casa, por isso a prefeitura mantém uma equipe que percorre periodicamente esses espaços para promover serviços de limpeza, roçagem, conserto ou reposição de equipamentos coletivos, como bancos, mesas, lixeiras, parquinhos e academias ao ar livre”, relata o prefeito.

continua após publicidade

Júnior lembra que a zeladoria destes espaços é intensificada neste período do ano. “É uma época em que o clima favorece, sobretudo, o crescimento da vegetação. Por ser um período de férias, também já um número maior de frequentadores”, contextualiza Júnior da Femac, que tem caminhado todas as manhãs no Parque Biguaçu antes do início do expediente.

Particulares – Assim como vem fazendo a administração municipal, Júnior da Femac solicita empenho dos proprietários de terrenos urbanos não edificados para que mantenham seus lotes livres do lixo, entulho e do mato alto. “Além de ser uma obrigação legal, tanto pela questão urbanística, quanto de saúde e segurança pública, trata-se de uma atitude de respeito com os moradores onde o terreno está localizado”, pontua Júnior da Femac, prefeito de Apucarana.

continua após publicidade

Penalidades – Os proprietários de terrenos com manutenção irregular estão sendo notificados pela fiscalização municipal, que concede um prazo legal para limpeza. Após o prazo, a equipe volta ao local para nova averiguação. “Caso ainda esteja em desconformidade com a lei, a equipe da Secretaria de Serviços Públicos registra através de imagens a situação do imóvel e o serviço é feito por uma empresa terceirizada com os custos sendo lançados em dívida ativa”, relata Sueli Pereira, secretária Municipal da Fazenda.

O serviço de “roçagem e limpeza” está fixado pelo Decreto Municipal nº 578/2016 em R$ 1,40 o metro quadrado e a retirada de entulhos custará R$ 190 por viagem de caminhão. Em caso da necessidade do uso de pá carregadeira, o preço estipulado está em R$ 209 por hora trabalhada. Já os serviços de desbaste de toco custam R$ 150 a hora trabalhada.

Tags relacionadas: #Apucarana #melhorias #prefeitura