Mais lidas

    Apucarana

    Hospital da Providência

    WhatsApp é usado pelo controle de infecção após alta médica

    WhatsApp é usado pelo controle de infecção após alta médica
    Foto por Divulgação
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 13.04.2021, 10:33:45 Editado em 13.04.2021, 10:33:52
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), do Hospital da Providência e Materno Infantil, de Apucarana, acompanha os pacientes cirúrgicos até 90 dias após alta hospitalar, a medida busca por egressos, antes feita somente por telefone, visando coletar informações sobre a recuperação do paciente para o controle de infecções e, agora passa a contar também com WhatsApp.

    A busca de egressos por telefone foi implantada em abril de 2016, mas foi atualizada, a que muito usam o aplicativo de mensagens instantâneas. “Aproveitamos a nova forma de comunicação, que é muito utilizada, para facilitar o acesso das informações sobre o bem estar dos pacientes que passaram por cirurgias no Hospital da Providência e Materno Infantil, contamos com um número exclusivo para atendê-los”, explica a enfermeira Nathalia Lima. 

    Nas mensagens, é questionado se o paciente após o procedimento cirúrgico notou algum sinal e/ou sintomas como dor no local da cirurgia, vermelhidão, alteração de temperatura (calor), inchaço, febre ou secreção purulenta, informações importantes para avaliação e realização das medidas necessárias para que esse paciente receba o tratamento adequado.

    As mensagens por WhatsApp são feitas após 7 dias do procedimento cirúrgico, caso o paciente não responda, as ligações serão realizadas a partir de 30 dias para pacientes que passaram por cesáreas, procedimentos cirúrgicos de videolaparoscopia, ortopédicos e neurológicos sem prótese e, 90 dias para cirurgias plásticas e cirurgias ortopédicas e neurocirurgias com prótese. 

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "WhatsApp é usado pelo controle de infecção após alta médica"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.