Apucarana

Vítima de facada é salva pela PM durante abordagem em Apucarana

A vítima sangrava bastante por um ferimento profundo na altura do tríceps esquerdo, com perda de consciência

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A vítima foi encaminhada à UPA
fonte: Reprodução / PM
A vítima foi encaminhada à UPA

Um homem com um grave ferimento foi salvo graças a uma rápida ação da Polícia Militar (PM) de Apucarana durante uma abordagem de rotina. A vítima foi ferida a faca, estava perdendo muito sangue e perdendo a consciência. Com uso de torniquete de combate, ele foi salvo até a chegada dos socorristas e o agressor foi preso.

continua após publicidade

Segundo o boletim de ocorrências, durante uma atividade de fiscalização, os policiais perceberam um princípio de tumulto em um estabelecimento, ouvindo pessoas gritando "faca" e um homem sentado em uma cadeira com a cabeça abaixada, possivelmente perdendo os sentidos.

Os policiais deram voz de abordagem ao homem que estava sendo apontado pelos frequentadores do local como o agressor, mas ele desobedeceu reiteradamente a voz de abordagem da equipe, em seguida cometendo desacato. Ele precisou ser imobilizado e algemado, pois ainda continuava resistindo a abordagem.

continua após publicidade

A vítima sangrava bastante por um ferimento profundo na altura do tríceps esquerdo, estava com perda de consciência e com sudorese. Então, os policiais usaram a técnica de atendimento pré-hospitalar de emergência, com a aplicação de torniquete tático, parando assim o sangramento. Logo em seguida, o homem começou a apresentar sinais de melhora, recobrando a consciência, até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A vítima foi encaminhada à UPA.

Ainda de acordo com o boletim policial, a vítima da facada teria tentado ajudar o atendente do estabelecimento, que estava se recusando a vender fiado e passou a ser ameaçado pelo agressor. O canivete utilizado para a agressão foi recolhido e encaminhado a delegacia.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News