Apucarana

Vereadores defendem medidas contra quem escolhe vacina

A Câmara de Apucarana aprovou na sessão ordinária de segunda-feira (9), dois requerimentos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Vereadores defendem medidas contra quem escolhe vacina
Vereadores defendem medidas contra quem escolhe vacina

A Câmara de  Apucarana aprovou na sessão ordinária de segunda-feira (9), dois requerimentos do vereador Marcos da Vila Reis (PSD), relacionados à campanha de imunização contra a Covid-19. Um endereçado à Autarquia Municipal de Saúde e outro à Secretaria de Estado da Saúde. 

continua após publicidade

Em ambos os casos, o vereador pede informações sobre que providências a Autarquia de Saúde e a Secretaria da Saúde têm tomado para impedir que algumas pessoas, também denominadas de “sommeliers da vacina”, queiram escolher a marca do imunizante a ser tomado. Para o vereador, tais pessoas estariam prejudicando o andamento da campanha de vacinação.

Para Marcos da Vila Reis, é inconcebível que pessoas fiquem escolhendo marcas de vacinas, quando todas elas são boas e têm aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

continua após publicidade

“Milhares de pessoas nesse Brasil não tiveram a oportunidade de tomar algum tipo de vacina e acabaram morrendo”, afirmou. No seu entender, “é preciso que a saúde pública adote medidas, talvez não de punição simplesmente, mas de conscientização das pessoas de que a vacina salva vidas, não importa a marca”. Da mesma forma devem ser conscientizados aqueles que não querem se vacinar, pois esses representam um risco para demais pessoas de seu convívio, conforme assinala.

Na mesma sessão, os vereadores aprovaram, de autoria do presidente da Casa, Franciley Preto Godói Poim (PSD), Moção de Aplausos a todos os profissionais de saúde de Apucarana que estão à frente da campanha de vacinação contra a Covid-19Também foram aprovados três Projetos de Decreto Legislativo da Comissão de Justiça, Legislação e Redação da Câmara.

Um referenda convênio entre o Município de Apucarana, por intermédio da Autarquia de Saúde, com a Faculdade de Apucarana (FAP) e o Fórum Judiciário para assistência psicológica aos familiares das vítimas da Covid-19. Outro com a Faculdade do Norte Novo de Apucarana (Facnopar) para concessão de estágios a estudantes na área de atendimento psicológico em entidades públicas municipais. Outro projeto referenda acordo de cooperação técnica com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) para fornecimento de merenda à escola da entidade.

Em redação final foram aprovados dois projetos de lei do vereador Tiago Cordeiro de Lima (MDB), que institui em Apucarana a campanha Agosto Cinza e que concede o título de Cidadão Honorário ao ex-presidente do Cisvir, Aquiles Takeda Filho (PSD), prefeito de Marilândia do Sul.

Tags relacionadas: #CÂMARA APUCARANA #vereadores