Apucarana

Tentativa de homicídio de 2006 vai a júri nesta terça (26)

Idoso que tentou matar dona de restaurante e barraca de frutas da Caixa de São Pedro ficou desaparecido por 12 anos e vai ser finalmente julgado

Da Redação ·

Um homem de 71 anos vai a júri nesta terça-feira (26), no Fórum da Comarca de Apucarana. Edenilson Ferreira foi denunciado por tentativa qualificada de homicídio em 2006, na Caixa de São Pedro, em Apucarana. Ele chegou a ficar 12 anos desaparecido depois do crime e só foi encontrado em 2018, morando em Toledo, no Oeste do Estado. Ele aguarda o julgamento em liberdade.

continua após publicidade

O júri vai ser presidido pelo juiz diretor do fórum, Osvaldo Soares Neto. O Ministério Público estará representado pelo promotor Gustavo Marcel Fernandes Marinho. A sessão está marcada para começar as 8 horas.

Edenilson Ferreira, que completou 71 anos em 15 de abril passado, esfaqueou Maria Rodrigues de Souza, que tem 75 anos hoje. Ela era dona de um restaurante  e de uma barraca de frutas que funcionavam nas margens da PR 444, na Caixa de São Pedro. Segundo os autos, Edenilson, que seria um andarilho que usava bebidas alcoólicas e drogas, costumava frequentar o local, onde conseguia comida e, eventualmente, até ajudava a mulher fazendo alguns trabalhos.

continua após publicidade

Em julho de 2006, no entanto, de surpresa, ele teria atingido a mulher com uma facada na barriga, enquanto ela esperava o ônibus para Apucarana. O crime teria ocorrido na varanda do quiosque. Socorrida por populares, a mulher foi encaminhada ao hospital, onde passou por cirurgia e se recuperou do ferimento.

Logo após esfaquear Maria de Souza, Edenilson correu e nunca mais foi visto na região. Ele só foi localizado pela justiça em novembro de 2018, em Toledo. Ele chegou a ser preso, mas conseguiu liberdade em março de 2019 e desde então aguarda o julgamento. Edenilson tinha duas identidades, uma emitida em Santa Catarina e outra no Paraná e já possuía antecedentes por uso de drogas.