Apucarana

Suspeitos envolvidos com pirataria são liberados da cadeia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Suspeitos envolvidos com pirataria são liberados da cadeia
Suspeitos envolvidos com pirataria são liberados da cadeia

A Polícia Civil de Apucarana informou que os três homens detidos por envolvimento com a pirataria foram ouvidos e foram liberados sem fiança. Mesmo assim, vão responder pelo crime de reproduzir ou imitar marca. A pena é de 3 meses a 1 anos. 

continua após publicidade

Na noite desta terça-feira (23), três pessoas foram presas por pirataria no Parque Industrial de Apucarana, após serem localizadas mercadorias. Conforme informações da Polícia Militar, um homem havia  feito um disparo de arma de fogo no meio da rua e depois retornou para dentro de casa. A PM foi até o local e fez contato com uma mulher, que disse que mora no local junto do marido e de duas filhas.

Durante a conversa, o suspeito saiu de outra casa. A PM perguntou a ele sobre a situação do tiro e o homem comentou que havia sido uma pessoas que passou em frente à sua casa e apontado uma arma de fogo. A polícia perguntou para ele se podia entrar em sua casa para verificar se encontrava uma arma e o homem autorizou.

continua após publicidade

Dentro da casa, conforme o boletim, foi encontrado na estante da sala, 1 estojo (deflagrado) de munição de calibre 12, marca CCB, além de uma grande quantidade de produtos, como malhas, camisetas prontas, frentes com "silk" de diversas marcas. O homem contou que os objetos [e da esposa, que trabalha como costureira.

Durante abordagem, o advogado do homem e da esposa chegou e se recusou a assinar a busca dentro da casa do suspeito. Diante do flagrante de estoque, permanência de objetos oriundos da reprodução, sem autorização do titular de marca registrada, foi realizado contato com a Polícia Civil, de Apucarana, que orientou que a equipe apreendesse os objetos e encaminhasse, junto dos proprietários da casa, para a 17ª SDP. 

Durante nova busca pela casa, foi localizada uma grande quantia de dinheiro, que o suspeito disse que é proveniente da venda de um carro. Diante dos fatos, dois homens, um de 41 e outro de 35 anos, e uma mulher, de 34 anos, foram apreendidos e encaminhados para a delegacia junto dos objetos encontrados. 

continua após publicidade

 

Suspeitos envolvidos com pirataria são liberados da cadeia fonte: Reprodução