Apucarana

Servidor do Bosque Municipal de Apucarana morre por Covid-19

João tinha 64 anos e estava internado no Hospital da Providência

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Servidor do Bosque Municipal de Apucarana morre por Covid-19
Servidor do Bosque Municipal de Apucarana morre por Covid-19

O servidor da Secretaria Municipal de Meio Ambiente João Franco da Silva, de 64 anos morreu vítima da Covid-19. Ele era funcionário de carreira e estava internado Hospital da Providência, há 20 dias .

continua após publicidade

João começou a trabalhar na prefeitura em 11 de maio de 1998 e, ao longo dos 23 anos, exerceu várias funções, dentre as quais execução de obras de construção civil e paisagismo em parques da cidade. “Infelizmente perdemos mais uma vida para a Covid-19. Um trabalhador que deixa um legado de bons serviços em prol da sociedade. Um ser humano admirado pela sua conduta, um servidor público reconhecido por sua dedicação, João foi um guerreiro até o fim. Deus certamente o acolhe e fortalece família e amigos neste momento tão triste”, manifestou o prefeito Júnior da Femac.

O superintendente de Meio Ambiente, Luiz Carlos Kempner Teixeira, o Teixeirinha, conta que João era servidor em todos os sentidos. “Estava sempre à disposição e nunca ouvi um não vindo dele”, testemunha Teixeira. De acordo com ele, o operário foi colaborador de destaque na construção do Parque Ecológico Santo Expedito, Parque Natural Municipal das Araucárias e na manutenção das praças municipais. “Neste momento de profunda dor, manifesto meus sentimentos a todos os familiares. Obrigado ao amigo e colega João Franco da Silva. Deus o receba com as suas mãos protetoras. Descanse em paz”, disse Teixeirinha.

continua após publicidade

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Gentil Pereira, relata que ultimamente ele vinha desenvolvendo trabalhos no Bosque Municipal de Apucarana. “Estamos todos consternados. João foi uma pessoa que por onde passou fez amigos, foi um servidor municipal que cumpriu suas responsabilidades com eficiência, dedicação, interesse e pontualidade de forma respeitosa e profícua”, disse Pereira.

O velório acontece na Capela Mortuária Central e o sepultamento está previsto para as 17 horas no Cemitério Municipal Cristo Rei.