Apucarana

Servidor da 16ª RS acusado de assédio é exonerado

Pelo menos 13 funcionários da RS teriam sido ouvidos durante o processo.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Servidor da 16ª RS acusado de assédio é exonerado
Servidor da 16ª RS acusado de assédio é exonerado

O chefe da divisão administrativa da 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana, Benedito Bento, foi exonerado do cargo na última quinta-feira (27), através de decreto assinado pelo governador Ratinho Junior.

continua após publicidade

O servidor teve seu afastamento determinado pelo juiz titular da Vara do Trabalho de Apucarana Maurício Mazur no dia 11 de maio, depois que o Ministério Público do Trabalho (MPT), propôs uma ação civil pública contra Bento, denunciando uma série de abusos praticados contra trabalhadores da RS, entre eles, assédio moral e sexual. Pelo menos 13 funcionários da RS teriam sido ouvidos durante o processo.

Além disso, o documento relata que o réu teria tentado interferir nas investigações, tentando coagir depoentes, segundo informações do SindiSaúde/PR.

continua após publicidade

Na ocasião, o juiz também estabeleceu multa de R$ 10 mil ao Estado do Paraná para cada novo episódio de assédio moral relatado e comprovado envolvendo o agente público. Com a exoneração decretada pelo Estado, o servidor está afastado definitivamente das funções.