Apucarana

Saúde de Apucarana confirma surto de covid no Lar São Vicente de Paulo

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Saúde de Apucarana confirma surto de covid no Lar São Vicente de Paulo
fonte: Divulgação

Em reunião na tarde de ontem, no gabinete municipal, foram adotadas medidas emergenciais para conter um surto de Covid-19 detectado no Lar São Vicente de Paulo, em Apucarana. Desde a segunda quinzena de fevereiro, a Secretaria Municipal de Saúde vem monitorando a situação na entidade, onde os vicentinos atendem setenta e quatro idosos, todos com idade acima de 65 anos.

continua após publicidade

Os testes do tipo PCR para Covid-19 vinham sendo feitos semanalmente e encaminhados para o Laboratório Central do Estado (Lacen), em Curitiba. E, ontem, com a chegada dos resultados das coletas feitas no dia 7 de dezembro foi confirmado um surto de coronavírus no Lar São Vicente de Paulo. De 138 pessoas testadas, 23 idosos e 3 funcionários tiveram resultado positivo para Covid-19.

Entre os 23 idosos positivados, uma senhora já havia falecido na semana passada. Outra vítima fatal no Lar São Vicente de Paulo, que também veio a óbito há poucos dias, testou positivo no hospital onde foi internada.

continua após publicidade

Na reunião de ontem, o prefeito Junior da Femac; o secretário municipal de saúde, Roberto Kaneta; Marcelo Viana (Atenção Básica à Saúde), Luciano Pereira (Epidemiologia) e Nelson Capelaria (Vigilância Sanitária), anunciaram a adoção de medidas emergenciais.

Uma equipe da Autarquia Municipal de Saúde foi imediatamente deslocada para o Lar São Vicente de Paulo, visando submeter todos internos e funcionários a novos exames do tipo PCR (cotonete). Todo o material seria encaminhado para o Lacen, em Curitiba, ainda na madrugada desta terça-feira.

Ao mesmo tempo, após conversas mantidas com o secretário de saúde do Paraná, Beto Preto, e o chefe da 16ª Regional de Saúde, Altimar Carleto, o prefeito Junior da Femac determinou o imediato reforço no atendimento aos idosos.

continua após publicidade

A entidade passa a dispor de mais um médico e mais quatro auxiliares de enfermagem para acompanhamento dos internos. “Estes servidores da Autarquia Municipal de Saúde irão se somar aos demais profissionais que prestam atendimento rotineiro no lar”, informou o prefeito.

A enfermeira chefe do Lar dos vicentinos, Sidinéia Aparecida Gardina Fregni, que participou da reunião, disse que, infelizmente, apesar de todos os cuidados – com uso de máscaras e de álcool gel para higienizar as mãos – além da testagem semanal de idosos e dos funcionários, ocorreu a contaminação. “Já isolamos num setor separado todos os que testaram positivo para Covid e, a partir de agora, com o reforço da equipe médica vamos acompanhar os infectados em tempo integral”, comentou a enfermeira Sidinéia.

Ainda ontem o prefeito Junior da Femac lembrou que o Município está cumprindo à risca o decreto 41/2020 da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) que trata de recomendações e cuidados especiais em entidades que mantém idosos. “Desde fevereiro esse trabalho de monitoramento vinha sendo realizado e, vale ressaltar, que as visitas foram proibidas neste período”, assinalou.