'Providência' explica andamento da radioterapia a vereadores de Apucarana - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Saúde

'Providência' explica andamento da radioterapia a vereadores de Apucarana

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A convite dos vereadores e vereadora, a equipe do Hospital da Providência, participou na tarde desta segunda-feira (04/05), de reunião na Câmara Municipal de Apucarana. Estiveram presentes os vereadores Franciley Preto Godoi, Poim, Antonio Marques da Silva, Marcos da Vila Reis, Gentil Pereira, Lucas Leugi, Rodolfo Mota, Antônio Carlos Sidrin e a vereadora Márcia Sousa.

Em pauta, a equipe explicou como está o andamento e o trabalho já realizado para que o setor de radioterapia comece a funcionar e prestar atendimento a quem luta contra o câncer. “Em nome de todos os vereadores e vereadora, agradeço mais uma vez a Irmã Geovana Ramos, diretora do Hospital da Providência e toda sua equipe, que sempre nos atende prontamente para esclarecer todas as dúvidas. Assim, podemos levar informações a toda comunidade. O setor de radioterapia é muito importante para a nossa cidade e região e, principalmente para os pacientes. Fazer o tratamento na cidade e perto da família é fundamental. Iniciar o tratamento longe dos entes e, muitas vezes sozinho, prejudica. Um bom caminho para iniciar a cura muitas vezes é o diagnóstico precoce, uma boa equipe para encaminhar, orientar e a acompanhar o tratamento e, a família ao lado, sempre por perto”, ressalta o presidente do Legislativo professor Molina.

Entre os assuntos que trouxeram a equipe do Providência até a Casa de Leis, foi a realização de licitações para compra de equipamentos e o prazo para iniciar o atendimento no setor.

"Estamos estruturando um setor totalmente novo, seguindo minuciosamente todos os trâmites exigidos para termos o melhor tratamento da região e uma das etapas finais é a aquisição de acessórios e equipamentos complementares para a realização das sessões de radioterapia, como dosímetros, para adequação dos feixes de radiação e acessórios de posicionamento do paciente, para que tudo seja feito da forma mais eficaz e segura para os pacientes", afirma o diretor executivo do Hospital da Providência, Guilherme Borges.

Para a aquisição, o Hospital abriu o 1º edital de licitação com duração de 30 dias que deu deserto.  "Pela segunda vez abriremos edital para compra desses itens importados, neste período de pandemia do novo coronavírus houve a alta do dólar e não houve propostas para adquirirmos esses equipamentos essenciais para as sessões de radioterapia na primeira licitação", explica Guilherme.

As obras do novo setor, montagem e testes do acelerador linear foram realizadas dentro do prazo previsto e a equipe que atuará no novo setor já está contratada. Na reunião, três novos membros puderam estar presentes, sendo o físico médico, Anderson Pássaro, a dosimetrista, Ana Elisa Penharbel e o coordenador técnico, Wesley Viana. "Teremos também uma equipe altamente capacitada para utilizar todo recurso que o equipamento de radioterapia pode proporcionar, temos um dos melhores equipamentos do sul do Brasil e todo trabalho de estruturação desse setor está sendo planejado para termos um serviço de excelência", afirma a diretora geral, Irmã Geovana Ramos.

ACELERADOR LINEAR

Em novembro do ano passado a Unidade de Tratamento de Câncer recebeu o acelerador linear que vai garantir o atendimento de radioterapia. O aparelho é o mais moderno do Paraná.

Viabilizado mediante a intermediação do ex-prefeito e atual secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e do deputado federal Sérgio Souza, junto à direção da Itaipu Binacional, o equipamento importado dos Estados Unidos teve um custo de cerca de R$ 5 milhões.

Também o Município, com a aprovação da Câmara de Vereadores, repassou R$ 1 milhão como contribuição para a construção da unidade onde o acelerador está sendo instalado. A obra começou em fevereiro e já está 95% finalizada. Tudo aconteceu conforme planejado. Enquanto o equipamento era produzido nos Estados Unidos, as obras da unidade eram executadas e tudo transcorreu no tempo exato. O investimento total na unidade será de cerca de R$ 8 milhões, somando a estrutura física e equipamentos.

O Hospital da Providência já mantinha um centro de oncologia, com consultas, quimioterapia e cirurgias. Com o novo setor, a Unidade estará completa com o serviço de radioterapia e os pacientes não precisarão mais se deslocar até Londrina para serem atendidos.

Com área total de 368 metros quadrados, além do bunker que recebeu o equipamento, a unidade de radioterapia conta com uma área de apoio composta por sala de espera do acelerador linear, posto de comando do acelerador linear, sala de espera, box de troca de roupa, sala de confecção de máscaras, dois consultórios, sala de planejamento, copa, DML, sala de atividades e banheiros.

Deixe seu comentário sobre: "'Providência' explica andamento da radioterapia a vereadores de Apucarana"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.