Apucarana

Proposta de aumento salarial avança, mas sindicatos do vestuário mantêm impasse

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Proposta de aumento salarial avança, mas sindicatos do vestuário mantêm impasse
fonte: Sivale
Proposta de aumento salarial avança, mas sindicatos do vestuário mantêm impasse

Há dois meses, o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana (Sivale), vem negociando com o Sindicato das Indústrias dos Trabalhadores de Apucarana (Stivar) sobre o aumento salarial da classe na cidade. Nesta terça-feira (17), durante reunião realizadas entre os dois sindicatos, o percentual oferecido foi de 3,00%, maior que o índice do INPC de agosto (2,94%).

continua após publicidade

No entanto, conforme a presidente do Stivar, Maria Leonora Batista, de Apucarana, a proposta foi rejeitada. "Os trabalhadores acham este um valor baixo. Por isso, a proposta feita pelo Sivale não foi aceita. Teremos uma nova reunião com os trabalhadores para avaliar novamente e ver o que vamos fazer", explica. 

Segundo o empresário Jayme Leonel, diretor do SIVALE, essa proposta é um avanço nas negociações.  “Isso nunca aconteceu, sempre nos reunimos anualmente para tratar da convenção, e agora teremos a oportunidade de dar um aumento agora e negociarmos um novo reajuste em março, quando saberemos como estará a situação econômica. Assim todos ganham”, ressalta Leonel.

continua após publicidade

Atualmente o piso salarial da confecção de Apucarana, é um dos mais altos do estado do Paraná. O município emprega hoje mais de 15 mil trabalhadores formais e tem como data base de reajuste do piso em setembro.  

Tags relacionadas: #Apucarana #sivale #Stivar