Apucarana

Professores passam por capacitação para o ensino de espanhol

Desde 2020, a Prefeitura de Apucarana vem ofertando a disciplina de Língua Espanhola aos alunos matriculados na rede municipal de ensino.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Professores passam por capacitação para o ensino de espanhol
fonte: Divulgação
Professores passam por capacitação para o ensino de espanhol

Nesta quarta-feira (7), trinta professores das escolas municipais de Apucarana participaram, de uma formação continuada para o ensino de Língua Espanhola. A capacitação online foi promovida pela Autarquia de Educação, em parceria com a editora Moderna. O tema focou em técnicas de contação de história que podem ser utilizadas para potencializar a aprendizagem.

continua após publicidade

De acordo com o prefeito Junior da Femac, o ensino da Língua Espanhola faz parte da grade curricular da rede municipal desde 2020. As turmas da Pré-Escola ao 5º ano do Ensino Fundamental assistem a aulas semanais da disciplina.

“Nós implantamos essa matéria no currículo dos nossos alunos por entendermos que o aprendizado do espanhol poderá abrir muitas portas para eles no futuro, quando estiverem ingressando no mercado de trabalho. Afinal, diversas empresas apucaranenses mantêm comércio com os países membros do MERCOSUL,” afirmou o gestor.

continua após publicidade

A secretária de educação, Marli Fernandes, acrescenta que, além da Língua Espanhola, os alunos da rede municipal têm aulas de Inglês desde 2014. “Para chegar à fluência de um idioma, o ideal é que o seu aprendizado comece ainda na primeira infância, até os dez anos de idade, faixa etária em que o cérebro absorve o conhecimento com maior facilidade,” explicou.

Anualmente, a Autarquia Municipal de Educação promove um festival com apresentações nas línguas inglesa e espanhola, com o objetivo de mostrar o progresso das crianças aos seus pais e familiares.

“Devido à pandemia de Covid-19, nós não conseguimos realizar o festival no ano passado. Porém, estamos nos organizando a fim de adaptar as apresentações para o formato online em 2021. A cada edição, vemos que as crianças estão dominando o vocabulário e exibindo mais desenvoltura na oralidade,” disse a secretária.